• banner_promoo_vendas_sob_demanda_2
  • banner_debate_a_produo_de_conhecimento
  • banner_marcos_braga_iii
  • banner_ton_angotti_3
Home
Antropologia do homem global

 

A antropologia é uma ciência descentralizada, policêntrica, na qual problemas de representação, interpretação, construção da desconstrução e também a diversidade metodológica assumem valor crucial. Dois caminhos contraditórios de desenvolvimento se chocam, um deles orientado para uma globalização “uniformizante”, enquanto o outro aponta os limites desse desenvolvimento e enfatiza as condições de diversidade cultural. Tal contexto é refletido pela antropologia, onde aumentaram as tensões entre afirmações mais universais sobre os seres humanos e declarações que acentuam a diversidade histórica e cultural.


Se entendermos a antropologia como uma unitas multiplex, ou seja, uma ciência da unidade dentro da multiplicidade, ganharemos a consciência de que as diferenças epistemológicas e paradigmáticas na ciência do ser humano não podem ser removidas, mas são de fato parte e parcela dessa ciência. A pesquisa antropológica deve, portanto, atuar a partir da aceitação de que seus pontos de vista são relativos, sem dissolvê-los no arbitrário e aleatório. Em meu conceito, a questão também se coloca até o nível de se e como a pesquisa é fincada em valores e em sua responsabilidade social e ética. Vejo minha própria pesquisa como sendo embebida dos valores dos direitos humanos, mas não negaria que os direitos humanos também são parcialmente orientados pelo tempo e pela cultura, e assim igualmente abertos à discussão.

Em vista da fragmentação das disciplinas acadêmicas, a tarefa da antropologia, como eu a concebo, deve ser contribuir para a compreensão entre pessoas e para o processo de aprimorar a compreensão entre indivíduos e povos das diversas partes do mundo. Uma antropologia que assuma esta missão não pode, por definição, desenvolver uma aproximação sistemática da investigação das culturas e sociedades humanas – por serem amplas demais a variedade e diversidade das disciplinas e paradigmas que têm relevância nessa pesquisa, podendo e devendo colaborar para uma interpretação da humanidade. Uma aproximação sistemática seria tão abstrata que correria o risco de ver-se esvaziada de todo conteúdo. Gostaria de apresentar aqui, portanto, um subsídio à antropologia que leve em conta o contexto histórico e cultural (e não pretenda, claro, cobrir o campo inteiro da pesquisa possível).

Christoph Wulf

 

antropologia_do_homem_global
Antropologia do homem global
Christoph Wulf
Formato 14x21cm, 672 páginas
ISBN 9788539104796

 

 

 
^ Top ^