• banner_uma_ideia_de_arquitetura
  • banner_mulheres_tempos_e_trabalhos
  • banner_marta_inez
  • banner_andre_costa
Home
Planejamento regional no Estado de São Paulo

 

 

planejamento_regional_est_sp2

Planejamento regional no Estado de São Paulo : polos, eixos e a região dos vetores produtivos
Jeferson Tavares
Formato: 16x23 cm, 332 páginas
ISBN: 978-85-391-0894-7

Este livro apresenta uma análise das relações imbricadas entre a organização e atuação territorial do Estado (via estratégias de regionalização e de provisão de infraestrutura), de um lado, e a trajetória de urbanização do Estado de São Paulo, no
período entre 1910 e 1980, de outro. Mostra que, apesar da circulação e da influência das ideias nacionais e internacionais sobre o papel do planejamento na produção de maior coesão sócio-espacial e complementaridade entre regiões dinâmicas e estagnadas, o governo do Estado de São Paulo efetivamente lançou mão, no período considerado, de uma estratégia de seletividade espacial que priorizou a interiorização e a conexão entre polos urbanos dinâmicos por meio de eixos rodoviários, contribuindo assim para a naturalização das escolhas de localização das plantas industriais como elemento estruturante do território paulista, assim como sinônimo de um projeto para o desenvolvimento.
Jeroen Klink

Compre aqui

O livro  é fundamental para se compreender não só o Estado de São Paulo,

por Sandra Lencioni

Planejamento Regional no Estado de São Paulo: Polos, Eixos e a Região dos Vetores Produtivos, de Jeferson Tavares, coloca em primeiro plano a abordagem regional por meio da análise criteriosa e singular dos vetores produtivos do território paulista. Sua tríade analítica, num plano mais abstrato, é constituída pelo Estado, capital e região. Mais especificamente, analisa com afinco a produção da região dos vetores produtivos na sua relação com as políticas regionais e como síntese do processo de urbanização.

Seu texto apresenta rigor analítico e crítico dialogando com uma ampla bibliografia e tecendo críticas convincentes às transposições de teorias concebidas em realidades completamente distintas da brasileira, a exemplo da francesa, e que muito influenciaram o planejamento regional no Brasil. A importância de seu texto reside ainda num outro aspecto, o de enfatizar a força dos planos rodoviários que precederam aos planos urbanos e regionais como estratégia de desenvolvimento.

O livro de Jeferson Tavares é fundamental para se compreender não só o estado de São Paulo, mas muitas das razões do desenvolvimento desigual do território brasileiro.

 
^ Top ^