Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
De: R$ 70,00
  Por: R$ 56,00
Economia de R$ 14,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A formação regional do Mucuri: o homem, o rio e a mata no nordes
A formação regional do Mucuri: o homem, o rio e a mata no nordes
R$ 80,00
R$ 64,00
Veja mais novidades
A coluna e o vulto: reflexões sobre a casa e o habitar na histór
A coluna e o vulto: reflexões sobre a casa e o habitar na histór
Código do Produto: 16x23cm
De: R$ 60,00
Por: R$ 45,00
Economia de R$ 15,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

A coluna e o vulto: reflexões sobre a casa e o habitar na história antiga e moderna
Mário Henrique S. D’Agostino
Formato: 16x23 cm, 126 páginas
ISBN: 978-85-391-0793-3

Ao resgatar as ordens clássicas da arquitetura, pela análise do conjunto das colunas greco-romanas que povoaram os edifícios até a Modernidade, Mário Henrique D'Agostino dá um novo olhar à própria história da Arquitetura. Olhar este que abre perspectivas inovadoras para as questões antropomórficas e da tradição humanística da Arquitetura, manifestadas desde as conotações másculas e feminis presentes nas colunas toscanas, dóricas, jônicas, coríntias ou compósitas.

A brilhante trilha que os ensaios de A coluna e o vulto percorrem desemboca no século XX de nossa era. É quando D´Agostino chega a Le Corbusier, o mais radical entre os arquitetos de sua época, que considerava fundamental insistir no fato de que, malgrado a admirável leveza que a máquina confere à casa, somente a analogia do corpo humano, explícita na articulação das colunas antigas, pode assegurar a harmonia essencial da arquitetura.

 

 
 
Últimos Produtos Visitados
Sentimentos e emoções de professores de arte
Sentimentos e emoções de professores de arte
Espaços de criação em psicologia: oficinas na prática
Espaços de criação em psicologia: oficinas na prática
Fragmentos florestais no Pontal do Paranapanema
Fragmentos florestais no Pontal do Paranapanema
Das fronteiras do Conjunto ao conjunto das Fronteiras
Das fronteiras do Conjunto ao conjunto das Fronteiras
Viabilidade de conservação dos remanescentes de cerrado em SP
Viabilidade de conservação dos remanescentes de cerrado em SP
Terras, florestas e águas de trabalho
Terras, florestas e águas de trabalho
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail