Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Movimento antiproibicionista no Brasil: resistência e luta
Movimento antiproibicionista no Brasil: resistência e luta
De: R$ 70,00
  Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Trabalhadores em tecnologias da informação e sindicalismo no Bra
Trabalhadores em tecnologias da informação e sindicalismo no Bra
R$ 60,00
R$ 60,00
Veja mais novidades
Instituições de urbanismo no Brasil, 1930-1979
Instituições de urbanismo no Brasil, 1930-1979
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 70,00
Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

Instituições de urbanismo no Brasil, 1930-1979
Sarah Feldman (org.)
Formato: 16x23 cm, 314 páginas
ISBN 978-65-5684-025-3

O período de 1930 a 1979 é revelado como um período de construção de instituições que se voltaram para a produção de saberes urbanos e territoriais e de práticas urbanísticas, em sintonia com os processos de urbanização acelerada e de aprofundamento das desigualdades regionais. Nessa construção, estiveram envolvidas várias gerações de urbanistas, de diferentes campos disciplinares e de diferentes olhares sobre os processos em curso no Brasil.

Através de sete textos são desvendados diferentes formatos de instituições, suas especificidades de atuação, dos agentes envolvidos, dos embates, das relações entre técnica e política, e as formas pelas quais se mantiveram, se transformaram e participaram da concepção de políticas públicas. São destacadas as tramas institucionais que se realizaram, tanto em função das mudanças no quadro político e
institucional que marcaram o século XX no Brasil ou dos acordos internacionais estabelecidos pelo governo federal, como do nível de articulação existente ou pretendido pelos profissionais urbanistas com setores organizados da sociedade civil e pelo trânsito de urbanistas por diferentes instituições.

Realizado num momento de desmonte crescente de instituições, as escolhas da perspectiva histórica que estruturam este livro não foram objeto do acaso: este livro é uma colaboração para deslindar a dimensão e o significado do desmonte para o campo do planejamento territorial e para pensar ações no presente.
 
 
Últimos Produtos Visitados
Situando Jane Jacobs
Situando Jane Jacobs
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail