Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
          - -Annablume Literária
          - Crítica Contemporânea
          - Trabalho e Contemporaneidade
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Entre religião e filosofia
Entre religião e filosofia
De: R$ 60,00
  Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Governo George Walker Bush (2001-2004): uma análise geopolítica
Governo George Walker Bush (2001-2004): uma análise geopolítica
R$ 60,00
R$ 60,00
Veja mais novidades
A luta por justiça em tempos de democracia : Lamarca, Marighella
A luta por justiça em tempos de democracia : Lamarca, Marighella
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 65,00
Por: R$ 65,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

A luta por justiça em tempos de democracia :
Lamarca, Marighella e os crimes sem perdão da ditadura militar
Sheila Cristina Santos
Formato: 16x23 cm, 230 páginas
ISBN: 978-65-5684-015-4

Após 16 anos do processo de anistia política no Brasil iniciado em 1979, a promulgação da lei 9140/95, também conhecida como “Lei dos Desaparecidos”, não atendeu a todas reivindicações dos familiares das vítimas, tampouco, de setores da sociedade brasileira que almejavam o acesso à verdade histórica, mas possibilitou visibilidade à causa dos desaparecidos políticos no País. Essa obra contempla importantes aspectos do processo de reparação do Estado em relação aos opositores do regime militar, desde a conquista da Lei 9.140/95 à dinâmica dos julgamentos junto ao Ministério da Justiça, passando pelos casos mais emblemáticos. Na sequência, relata as mudanças na lei, onde novos casos puderam ser apreciados pela CEMDP e ainda, de forma mais breve, o papel das outras duas Comissões de Estado:
a Comissão de Anistia e a Comissão Nacional da Verdade – complementares junto ao universo das reparações no Brasil. Por fim, o livro traz uma análise dos processos de dois ícones da luta armada no Brasil: Carlos Lamarca e Carlos Marighella. Ambos, tiveram suas trajetórias políticas retratadas em filmes e seus processos foram apreciados pela Comissão Especial sob fortes críticas das Forças Armadas – sobretudo, no caso Lamarca. A expectativa é que muitos brasileiros possam ter acesso às informações prestadas nessa obra – sobretudo, a população mais jovem. Quem exerce o protagonismo nessa narrativa, são os cidadãos que adotaram um projeto de transformação política para o Brasil e resistiram de diversas maneiras à brutal repressão política instaurada a partir de 1964. Do mesmo modo seus familiares, muitos deles reunidos através da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos, puderam levar este legado de resistências adiante e, assim, tornaram- se referência na luta por verdade e justiça no Brasil, fato que também contribuiu para mudar o curso de uma história que não pode ser esquecida.

 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail