Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Planejamento urbano e regional no Brasil: as ideias, planos e co
Planejamento urbano e regional no Brasil: as ideias, planos e co
De: R$ 60,00
  Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Psicanálise e teoria política contemporânea
Psicanálise e teoria política contemporânea
R$ 75,00
R$ 75,00
Veja mais novidades
Um iluminismo português? A reforma da Univ. de Coimbra 1772
Um iluminismo português? A reforma da Univ. de Coimbra 1772
Código do Produto: 14x21
De: R$ 28,00
Por: R$ 28,00
Economia de R$ 0,00
 

Um iluminismo português? A reforma da Universidade de Coimbra (1772)
Flávio Rey de Carvalho
Formato 14x21cm, 136 páginas
ISBN 978-85-7419-889-7

A qualificação do movimento de idéias em Portugal, no século XVIII, é tema polêmico e controverso. O ambiente intelectual luso, em virtude de ter articulado as idéias modernas com a tradição católica, é comumente identificado, nas historiografias brasileira e portuguesa, como um caso à parte, principalmente quando comparado à conformação filosófico-científica da Europa. Em 1772, a Coroa portuguesa, na intenção de modernizar o país, empreendeu a reforma da Universidade de Coimbra, considerada um marco no processo de assimilação dos princípios iluministas em Portugal. Por meio da análise da reforma, especificamente da reformulação da Faculdade de Leis e da criação da Faculdade de Filosofia, examinou-se a natureza da sua proposta de ensino, comparando seus fundamentos com algumas concepções veiculadas em obras relevantes de filósofos franceses. Adota-se no livro uma noção plural de Iluminismo, pois o movimento intelectual em voga no Setecentos, longe de ter sido uniforme, apresentou diversas tendências. Assim, diante dos vários Iluminismos da Europa, sugere-se a existência de um Iluminismo português.

Sumário sintetizado

Apresentação Tereza Cristina Kirschner,

Prefácio Íris Kantor

Capítulo 1 Portugal e a Modernidade européia: algumas interpretações

Capítulo 2 O ensino universitário em Portugal e a reforma pombalina

Capítulo 3 A reforma da Faculdade de Leis

Capítulo 4 A criação da Faculdade de Filosofia

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Paradigma do caos ou cidade da conversão? SP e Morgado de Mateus   Paradigma do caos ou cidade da conversão? SP e Morgado de Mateus
     Códigos e Práticas: processo urbano em Vila Rica 1702/48   Códigos e Práticas: processo urbano em Vila Rica 1702/48
     Institucionalização das ciências agrícolas e seu ensino no BR   Institucionalização das ciências agrícolas e seu ensino no BR
     O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII   O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII
 
Últimos Produtos Visitados
Viabilidade de conservação dos remanescentes de cerrado em SP
Viabilidade de conservação dos remanescentes de cerrado em SP
Filosofia política no renascimento italiano
Filosofia política no renascimento italiano
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail