Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 8 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Amor em tempos de aplicativo: Masculinidades heterossexuais e a
Amor em tempos de aplicativo: Masculinidades heterossexuais e a
De: R$ 60,00
  Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Pensamento crítico latino-americano
Pensamento crítico latino-americano
R$ 85,00
R$ 85,00
Veja mais novidades
A invenção da baianidade
A invenção da baianidade
Código do Produto: 14x21
De: R$ 66,00
Por: R$ 66,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

A invenção da baianidade
Agnes Mariano
Formato 14x21cm, 310 páginas
ISBN 978-85-7419-896-5

Identidade baiana. O que faz ser baiano. Baianidade. A referência a um modo de agir, ser e sentir definido como tipicamente baiano aparece em relatos de viajantes, criações de artistas e intelectuais, produções jornalísticas, da indústria do entretenimento e do turismo.
Neste A invenção da baianidade, Agnes Mariano busca nas letras das canções os hábitos, práticas e valores que sustentam esse discurso. Encontra a “boa terra”, uma Bahia tranqüila, letárgica, dengosa, com seus quitutes, festas e santos. E também a “terra do axé”, dos trios, da negritude, da alegria, do despojamento. Interligando os dois períodos, a defesa simultânea da tradição e do prazer, a tensão entre a obediência e a transgressão. Como qualquer discurso identitário, o da baianidade também serve a vários usos, inclusive políticos, despertando reações variadas, que vão dos críticos ferozes aos defensores ardorosos

Sumário sintetizado

Apresentação Antonio Albino Canelas Rubim

Capítulo 1 A boa terra
Contexto histórico
Religiosidade
Alimentação
Corporeidade
A personalidade baiana

Capítulo 2 Terra do axé
Contexto histórico
Festa
Religiosidade
Emblemas – músicos, bairros e organização
A personalidade baiana

Capítulo 3 A retórica da baianidade
Tradição
Prazer

Matéria | Revista Brasileiros | Fev/2011
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Crítica Contemporânea: cultura, trabalho, política e racismo   Crítica Contemporânea: cultura, trabalho, política e racismo
     Perdigão Malheiro e a crise do sistema escravocrata e do império   Perdigão Malheiro e a crise do sistema escravocrata e do império
     Institucionalização das ciências agrícolas e seu ensino no BR   Institucionalização das ciências agrícolas e seu ensino no BR
     Ciências sociais na gestão Mário de Andrade: contribuições de Sa   Ciências sociais na gestão Mário de Andrade: contribuições de Sa
     Visões políticas do Império   Visões políticas do Império
     Conciliar o império: o Marquês de Paraná e a política imperial (   Conciliar o império: o Marquês de Paraná e a política imperial (
 
Últimos Produtos Visitados
Barbie na educação de meninas: do rosa ao choque
Barbie na educação de meninas: do rosa ao choque
Thomas Mann, o artista mestiço
Thomas Mann, o artista mestiço
Narciso no Império dos Crisântemos
Narciso no Império dos Crisântemos
Filosofia da educação: mediações possíveis entre tempo e reconhe
Filosofia da educação: mediações possíveis entre tempo e reconhe
Nietzsche e os gregos: arte e Mal-estar na cultura
Nietzsche e os gregos: arte e Mal-estar na cultura
Histori(cidade)s: um olhar multidisciplinar
Histori(cidade)s: um olhar multidisciplinar
O discurso da poesia concreta
O discurso da poesia concreta
Delicadas relações: educação, homossexualidade, cinema
Delicadas relações: educação, homossexualidade, cinema
E Canudos era a Vendéia
E Canudos era a Vendéia
O pioneiro esquecido: Freud e as ciências cognitivas
O pioneiro esquecido: Freud e as ciências cognitivas
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail