Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Estudos e ações transdisciplinares em Mudança Social e Participa
Estudos e ações transdisciplinares em Mudança Social e Participa
De: R$ 60,00
  Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Planejamento urbano e regional no Brasil: as ideias, planos e co
Planejamento urbano e regional no Brasil: as ideias, planos e co
R$ 60,00
R$ 60,00
Veja mais novidades
Corpo: um modo de ser divino (metafísica de Espinosa)
Corpo: um modo de ser divino (metafísica de Espinosa)
Código do Produto: 14x21
De: R$ 64,00
Por: R$ 64,00
Economia de R$ 0,00
 

Corpo: um modo de ser divino – uma introdução à metafísica de Espinosa
Márcia Patrizio dos Santos
Formato 14x21cm, 295 páginas
ISBN 978-85-7419-916-0

"O livro de Márcia Patrizio dos Santos merece ser lido e isso por várias razões. Mas, sobretudo, por três. Em primeiro lugar, por se apoiar sobre a idéia de corpo, esse fil rouge, conforme o prefaciador P-F Moreau, que analisa e reconstitui o sistema inteiro de Spinoza. Em segundo lugar, o que é ilustrado por Guéroult, é toda a arquitetônica filosófica. Mas, ao contrário de Guéroult, a autora pontua que os conceitos filosóficos devem sua validade ao seu potencial de idéias e que a sua “veracidade” se assenta única e exclusivamente sobre sua solidariedade mútua. Isso significa apenas uma solidariedade conceitual? Não. Isso significa que, antes e acima de tudo, um sistema tem de ser coerente e, também, exprimir o real.

Trata-se, ainda, de um livro não só escrito com espírito analítico, essencial nas teses de História da Filosofia, mas, especialmente, um livro escrito sob o signo da Paixão: paixão por Espinosa. E é esse um elemento fundamental: a cada idéia, a cada conceito, a cada tese Márcia Patrizio não faz uma afirmação fria, quase como indiferente. A autora assume o papel de Espinosa, e é isso que estou chamando de Paixão. Nesse sentido, a paixão ocupa um papel tão relevante como o espírito analítico; e Márcia Patrizio exprime muito bem essas duas facetas, sem jamais confundi-las.

Que o próximo volume seja tão analítico e, para usar um termo sartreano, engajado, como é o que o leitor tem em mãos!"

Luiz R. Monzani

Sumário sintetizado

Prefácio Pierre-François Moreau

Capítulo 1 Espinosa – um filósofo do corpo

CAPÍTULO 2 A definição ontológica de corpo
Um modo da substância
Uma expressão da essência de Deus

Capítulo 3 As causas do corpo
Uma causa primeira, mas não cronologicamente
Uma causa distante, mas nem tanto assim
Uma causa necessária, e, no entanto, livre
Uma causa eficiente, sem nenhuma restrição
Uma causa essendi e existendi – das coisas finitas e das infinitas
Uma causa imanente e não emanatista
Uma causa ativa, mas imutável
Uma causa de determinação e não de fatalidade
Causas intermediárias e próximas – como compreendê-las?
A causa de duas perspectivas causais

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Os dilemas do humano: reinventando o corpo, era (bio)tecnológica   Os dilemas do humano: reinventando o corpo, era (bio)tecnológica
     O corpo em crise   O corpo em crise
     Leituras do corpo   Leituras do corpo
     A potência da aparência   A potência da aparência
     Mimese na cultura: agir social, rituais e jogos, estética   Mimese na cultura: agir social, rituais e jogos, estética
     Cães filósofos: história da filosofia de resistência   Cães filósofos: história da filosofia de resistência
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail