Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
De: R$ 70,00
  Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
R$ 50,00
R$ 50,00
Veja mais novidades
Sujeitos de ficção no orkut
Sujeitos de ficção no orkut
Código do Produto: 14x21
De: R$ 30,00
Por: R$ 30,00
Economia de R$ 0,00
 

Sujeitos de ficção no orkut: por que um dia chamamos esse lugar de País das Maravilhas?
Zadoque Alves da Fonseca Filho
Formato 14x21 cm, 128 páginas
ISBN 978-85-391-0339-3

O leitor é convidado a acompanhar a madura Alice, do filme Alice no País das Maravilhas, de Tim Burton, baseado no livro homônimo de Lewis Caroll, por um passeio em um lugar chamado Orkut. O principal intuito é observar a rede de relacionamentos de um ponto de vista lúdico e estreitar os laços entre o discurso acadêmico na área de comunicação e o cotidiano compartilhado por todos nós na contemporaneidade. Não se trata de uma melancólica análise sobre um lugar tão distante quanto desatualizado, tampouco de uma análise sobre a personagem de Carroll. Seu interesse é atentar para os chamados perfis fakes, que ompuseram e compõem os milhões de membros da supracitada rede, em alusão a alguns romances oitocentistas, escritos por meio de cartas, concebidos por meio de estratégias semelhantes. Comparar a iluminista subjetividade dos indivíduos do século XVIII com a nossa, e dialogar com o Facebook e o Twitter, apresentando o caráter fictício de seus usuários, por fim, refletem o interesse em questões como o nonsense, o senso moral, o jogo, em um universo cujas regras nem sempre se mostram claras.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Discursos fora da ordem: sexualidades, saberes e direitos   Discursos fora da ordem: sexualidades, saberes e direitos
 
Últimos Produtos Visitados
Discursos fora da ordem: sexualidades, saberes e direitos
Discursos fora da ordem: sexualidades, saberes e direitos
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail