Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 2 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
De: R$ 88,00
  Por: R$ 88,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Dicionário temático desenvolvimento e questão social: 110 proble
Dicionário temático desenvolvimento e questão social: 110 proble
R$ 130,00
R$ 130,00
Veja mais novidades
Conflitos do imaginário: crenças afro-brasileiras (SP 1890/1920)
Conflitos do imaginário: crenças afro-brasileiras (SP 1890/1920)
Código do Produto: 11,5x20
De: R$ 65,00
Por: R$ 65,00
Economia de R$ 0,00
 

Conflitos do imaginário: a reelaboração das práticas e crenças afro-brasileiras na "Metrópole do Café" (1890-1920)
Paulo Koguruma
Formato 11,5x20cm, 310 páginas
ISBN: 85-7419-196-5

Apresentação Maria Ignez Machado Borges Pinto

Este livro interpreta as manifestações das práticas e das crenças afro-brasileiras em São Paulo, no período seguinte à extinção do regime do trabalho escravo no Brasil, quando as elites dominantes republicanas procuravam construir em solo brasileiro uma nação moderna e civilizada, seguindo padrões europeus.
Paulo Koguruma mostra que, para alguns segmentos da elite dominantes, a presença, no Brasil, de elementos relacionados às matrizes culturais de origem africana denotava um sintoma de atraso em relação aos países considerados desenvolvidos, ou seja, um empecilho à modernidade.
Embasado no imbricamento entre história e antropologia, o autor faz uma descrição minuciosa e a rica da dinâmica das religiosidades afro-brasileiras, narrando rituais da Umbanda e do Camdomblé, as festas públicas, as cerimônias particulares dedicadas às entidades, guias e orixás, que acontecem em inúmeros terreiros ou centros, os despachos expostos nas praças - ainda hoje -, em claro contraponto à hegemonia do pensamento racional e cientificista e ao ritmo alucinante que marcam a produção capitalista.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Crítica Contemporânea: cultura, trabalho, política e racismo   Crítica Contemporânea: cultura, trabalho, política e racismo
     Poder e política na clínica psicanalítica   Poder e política na clínica psicanalítica
     Tuxá - índios do Nordeste   Tuxá - índios do Nordeste
     Perdigão Malheiro e a crise do sistema escravocrata e do império   Perdigão Malheiro e a crise do sistema escravocrata e do império
     O corpo: pistas para estudos indisciplinares   O corpo: pistas para estudos indisciplinares
     O quintal da fábrica: indutrialização pioneira no interior de SP   O quintal da fábrica: indutrialização pioneira no interior de SP
 
Últimos Produtos Visitados
Ruralidades em transformação: agricultores e condomínios
Ruralidades em transformação: agricultores e condomínios
Teatro multimidiático e jogo: na filosofia de Vilém Flusser
Teatro multimidiático e jogo: na filosofia de Vilém Flusser
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail