Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Urbanismo e política no Brasil dos anos 1960
Urbanismo e política no Brasil dos anos 1960
De: R$ 80,00
  Por: R$ 80,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Pela metade: a lei de drogas do Brasil
Pela metade: a lei de drogas do Brasil
R$ 70,00
R$ 70,00
Veja mais novidades
Bases da formação territorial do Brasil
Bases da formação territorial do Brasil
Código do Produto: 14x21
De: R$ 70,00
Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Bases da formação territorial do Brasil – O território colonial brasileiro no “longo” século XVI
Antonio Carlos Robert Moraes
2 ed., Formato 14X21 cm, 432 páginas
ISBN 978-85-391-0216-7

Trata-se de um estudo singular no âmbito da geografia brasileira, que busca explicar os primórdios da colonização portuguesa no Novo Mundo, abordando o processo de instalação e consolidação do domínio lusitano na América do Sul. Ciente de que as formas espaciais são explicáveis pelos processos sociais que lhes deram origem, o autor encaminha sua análise da avaliação mais geral das motivações da expansão européia, passando pelas particularidades da história de Portugal, até chegar à singularidade da formação brasileira. Um exercício comparativo com a instalação das colônias hispano-americanas permite esclarecer algumas generalidades de uma via colonial de desenvolvimento do capitalismo na América Latina, na qual o recurso ao trabalho compulsório emerge como um traço característico comum.
No que diz respeito à história brasileira, a leitura geográfica empreendida permitiu destacar aspectos não enfatizados por boa parte da historiografia mais recente, pouco atenta à dimensão territorial. Tal enfoque resultou numa proposta de periodização da época colonial de formação do Brasil, estabelecida com base na geografia política. As práticas de relacionamento dos colonizadores com o espaço, notadamente as formas de domínio territorial e os tipos de assentamento realizados nos séculos XVI e XVII, constituem o objeto final desse estudo que a editora Annablume tem a satisfação de reeditar na comemoração dos 20 anos de sua redação.

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Administração pública no Brasil: mudanças de paradigmas - 2a ed.   Administração pública no Brasil: mudanças de paradigmas - 2a ed.
     A produção capitalista do espaço   A produção capitalista do espaço
     A Dinâmica das Fronteiras   A Dinâmica das Fronteiras
     Território e finanças   Território e finanças
     Ideologias geográficas: espaço, cultura e política   Ideologias geográficas: espaço, cultura e política
     Território e gestão ambiental na Amazônia   Território e gestão ambiental na Amazônia
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail