Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Escravidão contemporânea e sociedade nacional: em um estado-naçã
Escravidão contemporânea e sociedade nacional: em um estado-naçã
De: R$ 51,00
  Por: R$ 40,80
Economia de R$ 10,20
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Mulheres, tempos e trabalhos
Mulheres, tempos e trabalhos
R$ 70,00
R$ 56,00
Veja mais novidades
Desfile na avenida, trabalho na escola de samba
Desfile na avenida, trabalho na escola de samba
Código do Produto: 14x21
De: R$ 46,00
Por: R$ 34,50
Economia de R$ 11,50
 

Desfile na avenida, trabalho na escola de samba: a dupla face do carnaval
Leila Maria da Silva Blass
Formato 14x21cm, 176 páginas
ISBN 978-85-7419-753-1

Os desfiles de carnaval das grandes escolas de samba se transformam, cada vez mais, em megaeventos regidos por normas e prescrições que estabelecem uma certa ordem e formas instituídas de controle que resultam de alianças negociadas. Os desfiles geram empregos e estabelecem um mercado de trabalho assalariado, regido por regras próprias. Eis o tema deste estudo de Leila Blass.

Procurar entender a significação do trabalho a partir da experiência dos trabalhadores de uma escola de samba talvez possa nos apontar alguns caminhos a percorrer e os obstáculos a serem removidos para que o trabalho, no plano do conhecimento, assim como no de uma transformação social a ser buscada, volte a ser – como o foi em sociedades de outros tempos e lugares, ou ainda é, nas sociedades indígenas brasileiras ou nas escolas de samba de nossas grandes e pequenas cidades, que nos são perfeitamente contemporâneas – uma dimensão da ação humana que, tal como a arte, explicita seu poder de criação e transformação na relação do homem com a natureza, com outros homens e com um universo de valores espirituais para além da ânsia do lucro e do consumo.

Sumário sintetizado

Apresentação: Maria Lúcia Montes

Introdução: Carnaval e escolas de samba em São Paulo. Coleta e análise dos dados e informações.

Capítulo 1: ”Vai começar tudo de novo!”. Produzindo um desfile de carnaval: lugares e tempos. Samba-enredo e produção artística do carnaval.

Capítulo 2: Carnavalesco: papel e funções

Capítulo 3: Trabalho e emprego: lugares e significados

Capítulo 4: Carnaval: diversidade das partes e unidade do todo

 
 
Últimos Produtos Visitados
Tempos de trabalho, tempos de não trabalho
Tempos de trabalho, tempos de não trabalho
Entre desalento e invenção: desemprego e desenraizamento em SP
Entre desalento e invenção: desemprego e desenraizamento em SP
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail