Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
De: R$ 88,00
  Por: R$ 88,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Estudos Transdisciplinares em tempos de Terra em Transe: ambient
Estudos Transdisciplinares em tempos de Terra em Transe: ambient
R$ 70,00
R$ 70,00
Veja mais novidades
A alma, o olho, a voz as autoperformances de Spalding Gray
A alma, o olho, a voz as autoperformances de Spalding Gray
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 72,00
Por: R$ 72,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

A alma, o olho, a voz as autoperformances de Spalding Gray
Marcia Abujamra
Formato: 16 x 23 cm, 357 páginas
ISBN 978-85-391-0929-6

Neste livro, Márcia Abujamra apresenta o conjunto dos trabalhos do performer norte americano Spalding Gray (1941-2004) com foco nos espetáculos que ele criou, escreveu e interpretou.

Inicia descrevendo e discutindo alguns dos principais aspectos de cada espetáculo da Trilogia Rhode Island (1975-1980), desenvolvida em parceria com Elizabeth LeCompte e que marca a criação do The Wooster Group.

Em 1979 Gray estréia seu primeiro monólogo autobiográfi co e logo deixa o grupo para seguir carreira solo. Márcia Abujamra se dedica então às dezessete autoperformances criadas por Gray para, a partir delas, discutir o uso do material autobiográfi co capaz de instaurar uma tensão criativa entre realidade e fi cção e o papel que a experiência e a memória tem na construção e apresentação de um espetáculo.

MARCIA PRADO ABUJAMRA, diretora e encenadora, é doutora em artes cênicas pela ECA-USP.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail