Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 9 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Na música: Vilém Flusser
Na música: Vilém Flusser
De: R$ 46,00
  Por: R$ 36,80
Economia de R$ 9,20
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Direito e profissões jurídicas no Brasil após 1988: expansão, co
Direito e profissões jurídicas no Brasil após 1988: expansão, co
R$ 55,00
R$ 44,00
Veja mais novidades
Do autor tradicional ao agenciador cibernético
Do autor tradicional ao agenciador cibernético
Código do Produto: 14x21
De: R$ 38,00
Por: R$ 28,50
Economia de R$ 9,50
 

Do autor tradicional ao agenciador cibernético: do biopoder à biopotência
Alemar S. A. Rena
Formato 14x21 cm, 140 páginas
ISBN 978-85-7419-925-2

A partir do estudo da figura do autor tradicional – cuja presença marcante ecoa nos meios de comunicação de massa um-todos, nas lojas e suas vitrines, nas coletâneas, nas “tardes de autógrafos”, nas críticas, nos sites dos grandes portais, etc. – o presente estudo sugere que uma nova figura de autor/produtor se faz cada vez mais visível no ciberespaço. Essa figura, chamada por Alemar S. A. Rena de agenciador cibernético ou ciberagenciador – tendo como referência o conceito de agenciamento em Gilles Deleuze e Félix Guattari – se impõe como uma potência de vida, de invenção, de colaboração, de velocidade, de fluxo, de hibridação simbólica, etc., se opondo, em grande parte das vezes de forma não declarada e mesmo inconsciente, à centralidade da figura do autor tradicional, à elitização da produção, à elitização da propriedade intelectual e dos produtos da inventividade social. Ainda, é abordada e problematizada a condição de “obra” dos produtos inventivos que circulam na WWW, partindo do pressuposto de que a condição do novo criador – ou do ciberagenciador – está intimamente atrelada à nova condição da própria obra.

Sumário sintetizado

Prefácio Onde está o Autor?
Eduardo de Jesus

Capítulo 1 Arqueologia do autor
1.1 – Poder: capitalismo, multidão e dialogismo
1.2 – O autor segundo a crítica
1.3 – Autor: morto, mas extremamente funcional

Capítulo 2 Do autor ao ciberagenciador
2.1 – Poesia digital, webarte e cibertexto: hibridação, flexibilização e desobjetificação
2.2 – A liquidez do sujeito e da experiência hipermoderna
2.3 – O novo flâneur: imprevisibilidade e efemeridade
2.4 – Agenciamento, descentralização, anonimidade
2.5 – Agenciamentos homem-máquina / homem-homem

Capítulo 3 Obra: novas condições e especificidades que afetam a figura do autor
3.1 – A obra e seu apagamento
3.2 – Pirataria legal: novas configurações do direito autoral
3.3 – Tecnobrega: um exemplo brasileiro off-line

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Ciborgues indígen@s.br: a presença nativa no ciberespaço   Ciborgues indígen@s.br: a presença nativa no ciberespaço
     A comunicação das coisas: teoria ator-rede e cibercultura   A comunicação das coisas: teoria ator-rede e cibercultura
     Afinal, o que é docudrama?   Afinal, o que é docudrama?
     Comunicação no mercado de consumo transnacional: McDonald´s e MG   Comunicação no mercado de consumo transnacional: McDonald´s e MG
     Interações plurais: a comunicação e o contemporâneo   Interações plurais: a comunicação e o contemporâneo
     Estrangeiro em sua própria terra: representações do brasileiro   Estrangeiro em sua própria terra: representações do brasileiro
 
Últimos Produtos Visitados
PORTADORES: IMAGINÁRIO E ARQUITETURA
PORTADORES: IMAGINÁRIO E ARQUITETURA
O que é um homem? psicanálise e história da masculinidade no oci
O que é um homem? psicanálise e história da masculinidade no oci
Revolta e Melancolia
Revolta e Melancolia
Dicionário Temático Desenvolvimento e Questão Social
Dicionário Temático Desenvolvimento e Questão Social
Da fantasia de infância ao infantil na fantasia
Da fantasia de infância ao infantil na fantasia
Narciso no Império dos Crisântemos
Narciso no Império dos Crisântemos
Unidades de conservação: intenções e resultados
Unidades de conservação: intenções e resultados
A vida quotidiana na Roma antiga
A vida quotidiana na Roma antiga
Cinema Noir
Cinema Noir
Bodenlos: uma autobiografia filosófica
Bodenlos: uma autobiografia filosófica
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail