Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Novas antropologias
Novas antropologias
De: R$ 62,50
  Por: R$ 50,00
Economia de R$ 12,50
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A recusa do transcendental: um estudo sobre a filosofia crítica
A recusa do transcendental: um estudo sobre a filosofia crítica
R$ 62,00
R$ 49,60
Veja mais novidades
Cantos argonáuticos
Cantos argonáuticos
Código do Produto: 12x19
De: R$ 72,00
Por: R$ 57,60
Economia de R$ 14,40
 
Acessar a Cia. dos Livros

Cantos argonáuticos
Gaio Valério Flaco
Tradução do latim, introdução e notas
Márcio Meirelles Gouvêa Júnior
Formato 12x19 cm, 248 páginas
ISBN 978-85-391-64608-29-0

Inserido na tradição da poesia épica latina, cujo teor ideológico patriótico remontava às manifestações arcaicas do gênero, Valério Flaco compôs, no último quartel do século I d.C., os Cantos Argonáuticos. Escrito inicialmente para celebrar os feitos navais de Vespasiano, que durante o principado de Cláudio participara da expedição que concluíra pela primeira vez o périplo do mar da Caledônia, o poema épico tem por temas a mítica viagem inaugural da nau Argo, o primeiro navio a singrar o mar até então desconhecido, e as aventuras e os percalços de Jasão e dos heróicos Argonautas na busca pelo Velocino de Ouro. Entretanto, em sua constante adaptação dos modelos literários à realidade latina, Flaco fez de seu epos argonáutico um canto de celebração da grandeza de Roma.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     O imperialismo romano   O imperialismo romano
 
Últimos Produtos Visitados
Palavras no chão
Palavras no chão
Performance como revolução dos afetos
Performance como revolução dos afetos
Uma vida em dança: movimentos e percursos de Denise Stutz
Uma vida em dança: movimentos e percursos de Denise Stutz
Maquiando o trabalho: opacidade e transparência numa empresa de
Maquiando o trabalho: opacidade e transparência numa empresa de
A produção capitalista do espaço
A produção capitalista do espaço
Do um como princípio ao dois como unidade: Heidegger e o Real
Do um como princípio ao dois como unidade: Heidegger e o Real
Tempo, cidade e arquitetura (Arquiteses 1)
Tempo, cidade e arquitetura (Arquiteses 1)
Circular é preciso, viver não é preciso: hist. do trânsito em SP
Circular é preciso, viver não é preciso: hist. do trânsito em SP
O corpo moral: fisicalidade, sexualidade e gênero no Brasil
O corpo moral: fisicalidade, sexualidade e gênero no Brasil
EMBRATUR FORMADORA DE IMAGENS DA NAÇÃO BRASILEIRA
EMBRATUR FORMADORA DE IMAGENS DA NAÇÃO BRASILEIRA
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail