Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 3 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Lei Eloy chaves e previdência social no Brasil: uma análise soci
Lei Eloy chaves e previdência social no Brasil: uma análise soci
De: R$ 40,00
  Por: R$ 32,00
Economia de R$ 8,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Na música: Vilém Flusser
Na música: Vilém Flusser
R$ 46,00
R$ 36,80
Veja mais novidades
Cultura política do battlismo no Uruguai 1903/58
Cultura política do battlismo no Uruguai 1903/58
Código do Produto: 11,5x20cm
De: R$ 42,00
Por: R$ 31,50
Economia de R$ 10,50
 

A cultura política do "battlismo" no Uruguai (1903-58)
Marcos Alves de Souza
Formato 11,5x20cm, 166 páginas, R$ 26,00
ISBN 85-7419-349-6

Prefácio Alberto Aggio

De 1903 a 1958, ocorreram no Uruguai profundas mudanças. Sob a influência de uma ideologia modernizadora e reformista, diversas estruturas do país foram transformadas com o intuito de levar o Uruguai à superação do anacronismo institucional. Durante este período, um grupo de políticos ao redor de José Batlle y Ordóñez e de seu sobrinho, Luis Batlle Berres, dominou o cenário político por meio da facção “batllista” do tradicional Partido Colorado.
Marcos Alves de Souza caracteriza esta conjuntura político-partidária, além de sistematizar a produção historiográfica mais significativa a respeito do “batllismo” (1903-1958) e analisar o período por meio de chaves político-culturais. Utiliza ainda alguns instrumentos analíticos do ideário gramsciano na abordagem desse processo histórico, ainda hoje considerado fundamental pela sociedade uruguaia, oferecendo um instigante paradigma para sua discussão.

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Bartolomé de Las Casas: narrativa, amor e memória americana   Bartolomé de Las Casas: narrativa, amor e memória americana
     Observações celestes no México Antigo   Observações celestes no México Antigo
 
Últimos Produtos Visitados
A contenda entre Basílio de Cesareia e Eunômio de Cízico (séc. I
A contenda entre Basílio de Cesareia e Eunômio de Cízico (séc. I
Memória Musical
Memória Musical
Viabilidade de conservação dos remanescentes de cerrado em SP
Viabilidade de conservação dos remanescentes de cerrado em SP
Pescadores e roceiros: escravos e forros em Itaparica séc. XIX
Pescadores e roceiros: escravos e forros em Itaparica séc. XIX
Teatro e política, Arena Oficina e Opinião
Teatro e política, Arena Oficina e Opinião
Alexandre Magno: aspectos de um mito de longa duração
Alexandre Magno: aspectos de um mito de longa duração
O Kuruma Ningyo e o corpo no teatro de animação japonês
O Kuruma Ningyo e o corpo no teatro de animação japonês
Arquitetura e identidade nacional no estado novo
Arquitetura e identidade nacional no estado novo
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail