Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 11 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Pela metade: a lei de drogas do Brasil
Pela metade: a lei de drogas do Brasil
De: R$ 70,00
  Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Amor em tempos de aplicativo: Masculinidades heterossexuais e a
Amor em tempos de aplicativo: Masculinidades heterossexuais e a
R$ 60,00
R$ 60,00
Veja mais novidades
Território e história no Brasil
Território e história no Brasil
Código do Produto: 10,5x18
De: R$ 40,00
Por: R$ 40,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

Território e história no Brasil
Antonio Carlos Robert Moraes
Formato 10,5x18cm, 154 páginas
ISBN: 85-7419-547-2

Desde a independência, as elites brasileiras conceberam o Brasil como um espaço, e não como uma sociedade. E mais: como um espaço a ser conquistado, num movimento expansivo no qual as populações foram pensadas como mero instrumento desse processo. A própria construção do país foi, assim, alçada à condição de projeto nacional básico, que teria no Estado territorial (não nacional) seu principal condutor. As idéias de civilização, de modernização e, mais recentemente, de globalização, serviram para justificar em diferentes momentos o propósito enunciado.
Neste livro, Antonio Carlos Robert Moraes analisa essa determinação histórica que acompanha a formação brasileira, sendo responsável por vários problemas que marcam profundamente nossa sociedade até a atualidade. Propõe a compreensão do papel das ideologias geográficas em nossa história como condição fundamental para a construção de um país mais democrático no futuro.

Sumário sintetizado

Capítulo 1 Geografia, História e história da Geografia

Capítulo 2 A geografia humana como história territorial

Capítulo 3 Estado e território numa perspectiva histórica

Capítulo 4 Formação colonial e conquista de espaços

Capítulo 5 O Estado territorial no contexto periférico

Capítulo 6 Ideologias geográficas e projetos nacionais no Brasil

Capítulo 7 Geografia política e história da Geografia no Brasil

Capítulo 8 Formação territorial e políticas ambientais no Brasil

Capítulo 7 Território, globalização e periferia

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Economia de comunhão: reciprocidade e capital, trabalho e Estado   Economia de comunhão: reciprocidade e capital, trabalho e Estado
     Planejamento habitacional: notas sobre a precariedade e terra   Planejamento habitacional: notas sobre a precariedade e terra
     Curitiba: do modelo à modelagem   Curitiba: do modelo à modelagem
     Território na geografia de Milton Santos   Território na geografia de Milton Santos
     A Dinâmica das Fronteiras   A Dinâmica das Fronteiras
     Território e finanças   Território e finanças
 
Últimos Produtos Visitados
JK desperta BH (1940 – 1945)
JK desperta BH (1940 – 1945)
A maçonaria no Brasil (1863-1901): poder, cultura e ideias
A maçonaria no Brasil (1863-1901): poder, cultura e ideias
Ufanismo e ressentimento: de MG aos sertões de SP (séc. XVIII)
Ufanismo e ressentimento: de MG aos sertões de SP (séc. XVIII)
O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII
O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII
Nouvelle Histoire e o tempo histórico: Febvre, Bloch e Braudel
Nouvelle Histoire e o tempo histórico: Febvre, Bloch e Braudel
Quem tem medo de teoria? Pós-modernismo na historiografia
Quem tem medo de teoria? Pós-modernismo na historiografia
Manifesto Convivialista: declaração de interdependência
Manifesto Convivialista: declaração de interdependência
Sambas, batuques, vozerias e farsas públicas: PE, séc. XIX
Sambas, batuques, vozerias e farsas públicas: PE, séc. XIX
A imaginação revolucionária
A imaginação revolucionária
Culturas e linguagens em folhetos religiosos no Nordeste
Culturas e linguagens em folhetos religiosos no Nordeste
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail