Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Mulheres, direito à cidade e estigmas de gênero: a segregação ur
Mulheres, direito à cidade e estigmas de gênero: a segregação ur
De: R$ 78,00
  Por: R$ 62,40
Economia de R$ 15,60
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Estudos e ações transdisciplinares em Mudança Social e Participa
Estudos e ações transdisciplinares em Mudança Social e Participa
R$ 60,00
R$ 48,00
Veja mais novidades
Brasil Central: 12.000 anos de ocupação humana no rio Tocantins
Brasil Central: 12.000 anos de ocupação humana no rio Tocantins
Código do Produto: 16x23
De: R$ 100,00
Por: R$ 75,00
Economia de R$ 25,00
 

Brasil central: 12.000 anos de ocupação humana no médio curso do rio Tocantis, TO
Walter Fagundes Morales
Formato 16x23cm, 298 páginas
ISBN 978-85-7419-837-8

Este livro resulta de estudos arqueológicos realizados no médio curso do rio Tocantins, mais especificamente na bacia do córrego Água Fria. Buscou-se identificar os sistemas de assentamento dos grupos sociais que ocuparam essa área ao longo do tempo e a forma como as comunidades que ali viveram organizaram suas vidas e desenvolveram suas atividades cotidianas. Foram realizados levantamentos sistemáticos em âmbito regional e intervenções nos 38 sítios arqueológicos identificados - sítios estes presentes desde as barrancas arenosas e as cascalheiras junto ao rio Tocantins até as alcantiladas escarpas de arenito da extensa serra do Lajeado, onde os abrigos com grafismos rupestres são uma constante.

Como resultado final elaborou-se um modelo interpretativo sobre a organização e uso deste espaço desde há 12.000 anos, quando tem início a ocupação da área por pequenos grupos de caçadores e coletores, até o advento das populações agricultoras que viviam em grandes aldeias. Se por um lado suas conclusões contribuem para as discussões sobre as rotas de povoamento antigo e sobre o surgimento, os deslocamentos e a cresente complexidade sociopolítica que teria ocorrido entre as sociedades agricultoras do Brasil Central e das regiões vizinhas, por outro dão cor a um passado pré-colonial ofuscado pela pátina do tempo.

Sumário sintetizado

Prefácio: Pedro Ignácio Schmitz

Apresentação:

1 Introdução
1.1 O Programa de Resgate Arqueológico da UHE Lajeado
1.2 A bacia do córrego Água Fria: um estudo de Arqueologia Regional no médio curso do rio Tocantis

2 O contexto regional de ocupação
2.1 O período antigo
2.2 O período intermediário
2.3 O período recente
2.4 O período histórico: a sociedade Xerente

3 Contexto ambiental
3.1 A bacia do rio Tocantis
3.2 O médio curso do rio Tocantis
3.3 A área de pesquisa: a bacia do córrego Água Fria

4 Orientação teórico-metodológica
4.1 A arqueologia regional
4.2 A análise espacial intra-sítio

5. Métodos e técnicas de pesquisa
5.1 Compartimentos ambientais da bacia do córrego Água Fria
5.2 As prospecções na bacia do córrego Água Fria
5.3 A pesquisa arqueológica nos sítios identificados
5.4 A análise das indústrias líticas
5.5 A análise das indústrias cerâmicas

6. Os sítios arqueológicos da bacia do córrego Água Fria
6.1 Compartimento 1: os sítios da planície de inundação e terraços do rio Tocantins
6.2 Compartimento 2: os sítios das colinas amplas e rampas da cidade de Palmas
6.3 Compartimento 3: os sítios da base da serra do Lajeado
6.4 Compartimento 4: os sítios do alto da serra do lajeado

7. A bacia do córrego Água Fria: um modelo de organização e uso do espaço
7.1 As indústrias arqueológicas e as análises intra-sítio
7.2 Os sistemas de assentamento
7.3 Os horizontes de ocupação: considerações finais

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Os caminhos da arqueologia clássica no Brasil   Os caminhos da arqueologia clássica no Brasil
     História antiga e usos do passado   História antiga e usos do passado
     Subjetividades antigas e modernas   Subjetividades antigas e modernas
     Alexandre Magno: aspectos de um mito de longa duração   Alexandre Magno: aspectos de um mito de longa duração
     Cultura militar e de violência no mundo antigo   Cultura militar e de violência no mundo antigo
     Sambas, batuques, vozerias e farsas públicas: PE, séc. XIX   Sambas, batuques, vozerias e farsas públicas: PE, séc. XIX
 
Últimos Produtos Visitados
Disfarces do invisível
Disfarces do invisível
1932 pela força da tradição
1932 pela força da tradição
Estações de passagem da ficção de Lima Barreto
Estações de passagem da ficção de Lima Barreto
Geografia: pequena história crítica
Geografia: pequena história crítica
Do autor tradicional ao agenciador cibernético
Do autor tradicional ao agenciador cibernético
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail