Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 2 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 40,00
Economia de R$ 10,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
R$ 70,00
R$ 56,00
Veja mais novidades
Da tragédia urbana à farsa do urbanismo reformista
Da tragédia urbana à farsa do urbanismo reformista
Código do Produto: 14x21 cm
De: R$ 79,70
Por: R$ 79,70
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Da tragédia urbana à farsa do urbanismo reformista - A Fetichização dos Planos Diretores Participativos
Frederico Lago Burnett
Formato 14x21 cm, 310 páginas
ISBN 978-85-391-0293-8

Através da análise histórica do período que separa a crítica da adesão ao Plano Diretor, este trabalho demonstra que, ao submeter a luta urbana aos procedimentos institucionais do planejamento, o Movimento da Reforma Urbana compromete a autonomia das organizações populares e contribui para acumulação e reprodução capitalista no espaço das cidades. Desta maneira, fortemente influenciada pelas mudanças políticas e econômicas ocorridas no país, a liderança do Movimento em luta contra a tragédia urbana levou à fetichização dos Planos Diretores Participativos e transmudou em farsa a proposta do urbanismo reformista.

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     A redenção inexistente nos planos urbanísticos municipais   A redenção inexistente nos planos urbanísticos municipais
     Mundo rural: mito ou realidade?   Mundo rural: mito ou realidade?
     Simmel: a estética e a cidade   Simmel: a estética e a cidade
     Patrimônio cultural e cidade: práticas de preservação em SP   Patrimônio cultural e cidade: práticas de preservação em SP
     Planos diretores municipais: novos conceitos de planejamento   Planos diretores municipais: novos conceitos de planejamento
     Ruralidades em transformação: agricultores e condomínios   Ruralidades em transformação: agricultores e condomínios
 
Últimos Produtos Visitados
O desafio de planejar a cidade: política urbana de Santo André
O desafio de planejar a cidade: política urbana de Santo André
Viajantes na cidade: a aventura dos usuários de transportes públ
Viajantes na cidade: a aventura dos usuários de transportes públ
Gestão urbana e políticas de habitação social
Gestão urbana e políticas de habitação social
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail