Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
          - -Annablume Literária
          - Crítica Contemporânea
          - Trabalho e Contemporaneidade
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Palanque e patíbulo: o patrimônio cultural na Assembléia Naciona
Palanque e patíbulo: o patrimônio cultural na Assembléia Naciona
De: R$ 62,50
  Por: R$ 50,00
Economia de R$ 12,50
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Pós-Humanismo ou a lógica cultural do neocapitalismo global
Pós-Humanismo ou a lógica cultural do neocapitalismo global
R$ 45,00
R$ 36,00
Veja mais novidades
Carta a D.: história de um amor
Carta a D.: história de um amor
Código do Produto: 13,5x20
De: R$ 39,00
Por: R$ 29,25
Economia de R$ 9,75
 

Carta a D. – história de um amor
André Gorz
Formato 13,5x20cm, 80 páginas
ISBN 978-85-7419-774-6

Tradução Celso Azzan Jr.

Pósfacio Josué Pereira da Silva

Gorz, em Carta a D., brilhantemente supera a idéia do “discurso amoroso”. A intenção não é criar um discurso sobre o amor, e sim desnudar-se, desnudando ao mesmo tempo o próprio processo discursivo, logrando assim a sua desconstrução. Confessa e professa uma verdade, a sua verdade, amorosa. O texto é sua verdade amorosa, a transcendência do discurso. E, o que é mais inquietante, é literatura. E chega a esse resultado subvertendo todos os preceitos: cria um texto altamente literário exatamente pela negação dos procedimentos literários. O quase impossível é alcançado.

"Em suas poucas páginas, o livro fala do que talvez seja o mais cobiçado de todos os bens nas biografias: o amor duradouro [...] Este livrinho admirável não trata do casamento burguês, mas sim de um caso singular de amor"
Die Zeit (Alemanha)

"Carta a D. é um texto como André Gorz nunca havia escrito antes. Não é uma análise do sentimento do amor, muito menos um "discurso amoroso", tal como definiu Roland Barthes. É o livro de um apaixonado que fala sobre o amor, que expressa o amor em vez de pensá-lo, de mostrar o seu poder subversivo ou de teorizá-lo."
Arte TV (Alemanha)

"Ao chegar a uma idade em que não se sente mais a força de escrever um livro de fôlego, André Gorz se volta sobre sua própria vida e se dá conta de que nunca escreveu o essencial: a relação com sua mulher, e então começa a escrever diretamente para ela."
Le Monde (França)

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Ecológica   Ecológica
     A sociologia de Talcott Parsons   A sociologia de Talcott Parsons
     Misérias do presente, riqueza do possível<br   Misérias do presente, riqueza do possível
     O imaterial: conhecimento, valor e capital - 2ª edição   O imaterial: conhecimento, valor e capital - 2ª edição
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail