Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 11 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
          - -Annablume Literária
          - Crítica Contemporânea
          - Trabalho e Contemporaneidade
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Ventos que sacodem Marx: sobre colonialismo, nacionalismo e raci
Ventos que sacodem Marx: sobre colonialismo, nacionalismo e raci
De: R$ 70,00
  Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Forró no asfalto: mercado e identidade sociocultural – 2ª edição
Forró no asfalto: mercado e identidade sociocultural – 2ª edição
R$ 50,00
R$ 50,00
Veja mais novidades
Outras conversas sobre os jeitos do Brasil: nacionalismo na MPB
Outras conversas sobre os jeitos do Brasil: nacionalismo na MPB
Código do Produto: 11,5x20
De: R$ 43,00
Por: R$ 43,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

Outras conversas sobre os jeitos do Brasil: o nacionalismo na música popular
Astréia Soares
Formato 11,5x20cm, 174 páginas
ISBN 85-7419-261-9

Este livro é resultado de um estudo sobre as imagens do Brasil que aparecem na música popular brasileira. Mostra como as canções que falam da nação são arquitetadas, as associações entre as linguagens poéticas do texto e da música com a temática social e registra o papel que a música popular ocupa no país, alcançando esferas importantes na definição de nossa identidade. A "Aquarela do Brasil" de Ary Barroso foi escolhida como ponto de partida, por ser a canção mais freqüentemente relacionada com a nação brasileira, transformando-se, ao longo do tempo, em símbolo nacional. Além de Ary Barroso, outros compositores como Alcir Pires Vermelho, Assis Valente, Lamartine Babo, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Torquato Neto, Gonzaguinha, João Bosco, Luís Tatit e os principais nomes do rock nacional dão-nos a pista para a interpretação da trilha sonora do Brasil.

Áreas de interesse: música popular brasileira, ciências sociais, cultura brasileira, cultura popular, cultura de massa
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Música brasileira e identidade nacional   Música brasileira e identidade nacional
     Lugar Nenhum ou Bora Bora? Rock brasileiro anos 80   Lugar Nenhum ou Bora Bora? Rock brasileiro anos 80
 
Últimos Produtos Visitados
A cidade e as máquinas
A cidade e as máquinas
Parce(le)iros da Amazônia: fundamentos institucionais de uma eco
Parce(le)iros da Amazônia: fundamentos institucionais de uma eco
Os melhores anos de nossas vidas
Os melhores anos de nossas vidas
O Brasil-Nação como ideologia
O Brasil-Nação como ideologia
Processo organizativo de assentamentos rurais
Processo organizativo de assentamentos rurais
Histórias do design no Brasil
Histórias do design no Brasil
O desejo do roçado
O desejo do roçado
A experiência da procura de trabalho
A experiência da procura de trabalho
Homens anfíbios - etnografia de um campesinato das águas
Homens anfíbios - etnografia de um campesinato das águas
Entre ovelha negra e meu guri: família, pobreza e delinqüência
Entre ovelha negra e meu guri: família, pobreza e delinqüência
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail