Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 8 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Direitos humanos e meio ambiente: reflexões conceituais e estudo
Direitos humanos e meio ambiente: reflexões conceituais e estudo
De: R$ 75,00
  Por: R$ 75,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Pensamento crítico latino-americano
Pensamento crítico latino-americano
R$ 85,00
R$ 85,00
Veja mais novidades
Tropas em marcha: mercado de animais no Brasil Imperial
Tropas em marcha: mercado de animais no Brasil Imperial
Código do Produto: 11,5x20
De: R$ 28,00
Por: R$ 28,00
Economia de R$ 0,00
 

Tropas em marcha: o mercado de animais de carga no centro-sul do Brasil Imperial
Carlos Eduardo Suprinyak
Formato 11,5x20cm, 136 páginas
ISBN 978-85-7419-892,-7

Olhando por trás do véu da economia agrário-exportadora do Brasil Imperial, este livro busca compreender as articulações domésticas do dinamismo econômico nacional durante o século XIX ao analisar um sistema de abastecimento fundamental neste período: o comércio de animais de carga – em especial de bestas muares – criados no extremo sul do Brasil e amplamente utilizados na regiões centrais do Império.

Sumário sintetizado

Capítulo 1 Os animais de carga no século XIX: contexto histórico
Os caminhos do Brasil meridional
Peculiaridades sulistas de um incipiente sistema tributário
Inserção econômica dos muares no centro-sul do Brasil

Capítulo 2 Passagem de tropas, 1830-69
O comércio de animais em números
Tropas conduzidas por Itapetininga, 1854-69
O comércio de animais de carga de 1830 a 1869

Capítulo 3 Composição das tropas e distribuição da propriedade
Fontes primárias
Composição das tropas
Tamanho das tropas
Distribuição da propriedade

Capítulo 4 Distribuição geográfica das atividades
Origem dos condutores
Origem dos fiadores
Locais de invernada
Considerações finais

Capítulo 5 Padrões de inserção no negócio de animais de carga
Divisão do trabalho
Quem são os partícipes?

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Casamentos mistos: liberdade e escravidão em SP colonial   Casamentos mistos: liberdade e escravidão em SP colonial
     Cadeia e correção: sistema prisional e população carcerária na c   Cadeia e correção: sistema prisional e população carcerária na c
     O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII   O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII
     Padrões das alforrias em um município cafeiro em expansão   Padrões das alforrias em um município cafeiro em expansão
     Códigos e Práticas: processo urbano em Vila Rica 1702/48   Códigos e Práticas: processo urbano em Vila Rica 1702/48
     O quintal da fábrica: indutrialização pioneira no interior de SP   O quintal da fábrica: indutrialização pioneira no interior de SP
 
Últimos Produtos Visitados
A luta pela terra entre o campo e a cidade
A luta pela terra entre o campo e a cidade
Escravidão contemporânea e sociedade nacional: em um estado-naçã
Escravidão contemporânea e sociedade nacional: em um estado-naçã
A filosofia de Iris Murdoch
A filosofia de Iris Murdoch
Itinerários de corpos juvenis: o tatame, o jogo e o baile
Itinerários de corpos juvenis: o tatame, o jogo e o baile
Agricultura familiar no Brasil
Agricultura familiar no Brasil
Parce(le)iros da Amazônia: fundamentos institucionais de uma eco
Parce(le)iros da Amazônia: fundamentos institucionais de uma eco
Planejamento educacional, neopatrimonialismo, hegemonia política
Planejamento educacional, neopatrimonialismo, hegemonia política
Constituição do sujeito receptor na comunicação
Constituição do sujeito receptor na comunicação
Discurso feminino e identidade social
Discurso feminino e identidade social
Entre ovelha negra e meu guri: família, pobreza e delinqüência
Entre ovelha negra e meu guri: família, pobreza e delinqüência
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail