Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 50,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Pela metade: a lei de drogas do Brasil
Pela metade: a lei de drogas do Brasil
R$ 70,00
R$ 70,00
Veja mais novidades
Philip Gunn: arquitetura, urbanismo e território
Philip Gunn: arquitetura, urbanismo e território
Código do Produto: 14x21
De: R$ 42,00
Por: R$ 42,00
Economia de R$ 0,00
 

Philip Gunn: debates e proposições em arquitetura, urbanismo e território na era industrial
Telma de Barros Correia (org.)
Formato: 14x21 cm, 168 páginas
ISBN: 978-85-7419-937-5

Aqui são reunidos trabalhos escritos pelo professor e pesquisador Philip Gunn. Coerente com a diversidade de interesses e com a amplitude de temas que compõem a vasta produção intelectual do autor, os trabalhos ora publicados abordam questões diversas, que articulam de forma original o estudo de propostas e realizações no campo da arquitetura e do urbanismo, com tendências e debates no campo da economia e da política.

Assim, as concepções do movimento cidade-jardim são investigadas à luz dos debates ocorridos no âmbito de grupos de esquerda acerca da reforma urbana. A obra de Frank Lloyd Wright é analisada considerando a difusão do fordismo e seus impactos sobre a sociedade americana. A arquitetura de fábricas é investigada a partir do avanço do taylorismo e de novas práticas de gestão operária. Os embates entre os modelos urbanos postulados pelos adeptos do movimento das cidades-jardim e pelos profissionais ligados aos CIAMs são abordados considerando a complexidade progressiva da agenda de urbanismo na década de 1930, que envolveu questões como a generalização da imagem da cidade-jardim para outros tipos de assentamentos urbanos, a difusão institucional das práticas de planejamento urbano, a preocupação com a comunidade urbana, a consideração da escala regional, a descentralização de população e indústria como um novo princípio de planejamento territorial e o interesse na figura de “new towns” e “cidades-satélites”.

Sumário sintetizado

Apresentação Philip Gunn: uma Trajetória Intelectual
Telma de Barros Correia

Prefácio O Século XX como Objeto de História ou Phil e as Três Estrelas
Ana Fernandes


Capítulo 1 O Paradigma de Cidade-Jardim na Via Fabiana de Reforma Urbana

Capítulo 2 As Querelas do Urbanismo nos Anos 20 e 30

Capítulo 3 Frank Lloyd Wright e a Passagem para o Fordismo

Capítulo 4 Transições no Planejamento Modernista de Fábricas em São Paulo 1945-1955: a influência das idéias de projeto inglesas e americanas

Capítulo 5 A Indústria Automobilística nos anos recentes: as inflexibilidades da globalização

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Transporte e meio ambiente: conceitos e informações   Transporte e meio ambiente: conceitos e informações
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail