Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
          - -Annablume Literária
          - Crítica Contemporânea
          - Trabalho e Contemporaneidade
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Lei Eloy chaves e previdência social no Brasil: uma análise soci
Lei Eloy chaves e previdência social no Brasil: uma análise soci
De: R$ 40,00
  Por: R$ 32,00
Economia de R$ 8,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Escravidão contemporânea e sociedade nacional: em um estado-naçã
Escravidão contemporânea e sociedade nacional: em um estado-naçã
R$ 51,00
R$ 40,80
Veja mais novidades
Tempos de trabalho, tempos de não trabalho
Tempos de trabalho, tempos de não trabalho
Código do Produto: 14x21
De: R$ 47,00
Por: R$ 35,25
Economia de R$ 11,75
 

Tempos de trabalho, tempos de não trabalho: disputas em torno da jornada do trabalhador
Ana Claudia Moreira Cardoso
Formato 14x21 cm, 334 páginas
ISBN: 978-857419-961-0

Que mudanças se verificam nos tempos de trabalho e de não trabalho na sociedade atual? Qual a relação entre esses tempos? Como são vivenciados? Como se configuram a duração, a intensidade e a flexibilidade do tempo de trabalho no Brasil? O que tem sido discutido e negociado nos locais de trabalho e no plano macro social e político? A discussão apresentada neste livro explicita a existência de múltiplos tempos sociais e de uma complexa inter-relação que os une. Desse modo, trabalho e vida fora do trabalho tornam-se partes constitutivas e indissociáveis para se compreender as experiências subjetivas, as representações sobre os tempos, seus usos, bem como as negociações que se estabelecem em torno do tema.

PRÊMIO CAPES DE MELHOR TESE NA ÁREA DE SOCIOLOGIA DE 2008

Sumário sintetizado

Prefácio - Nadya Araujo Guimarães

Parte 1 - Os tempos nas sociedades contemporâneas: tensos, urgentes, intensos, flexíveis e incertos

Capítulo 1 – A construção temporal nas sociedades contemporâneas
O tempo de trabalho como construção social
O tempo de trabalho nas sociedades industriais: a busca de um tempo único
Os tempos de trabalho nas sociedades contemporâneas: tensos, urgentes, intensos, flexíveis e incertos

Capítulo 2 – O tempo de trabalho na França: um olhar a partir dos anos 90
O tempo de trabalho na França
Os trabalhadores e suas vivências da redução do tempo de trabalho

Capítulo 3 – Tempo de trabalho: a experiência brasileira recente
Tempo, trabalho e tempo de trabalho no Brasil
Mudanças no tempo de trabalho a partir dos anos 1990

Parte 2 – Os trabalhadores e suas vivências temporais cotidianas dentro e fora do local de trabalho

Capítulo 4 – Vivências temporais cotidianas
Perspectiva metodológica
Procedimentos metodológicos

Capítulo 5 – Disputas em torno da jornada do trabalhador
Disputas em torno da jornada do trabalhador na Volkswagen do ABC
Meados dos anos 90: redução e flexibilização negociada do tempo de trabalho
Redução, flexibilização e intensificação do tempo de trabalho

Capítulo 6 – Vivências dos tempos no local de trabalho
Sob o império da linha de produção: vivências dos tempos impostos no local de trabalho
Mudanças na organização do trabalho sentidas como intensificação do tempo de trabalho
Mudanças na organização do tempo de trabalho sentidas como intensificação do tempo de trabalho
Tempos dentro da fábrica considerados como tempos de não trabalho

Capítulo 7 - Vivências dos tempos nos turnos de revezamento e no trabalho noturno
Na época dos turnos de revezamento
Vivências no trabalho noturno, em tempos passados
Vivências no trabalho noturno, no tempo presente

Capítulo 8 - Jovens: transições entre tempos dentro e fora da empresa
Ser jovem na Volkswagen
O tempo passado: transição entre tempo de estudo e tempo de trabalho
O tempo presente e futuro: a expectativa de uma segunda transição do trabalho atual para o novo

Capítulo 9 - Vivências temporais a partir de uma perspectiva de gênero
Ser mulher na Volkswagen
Vivências dos tempos e do trabalho

Capítulo 10 - Vivências temporais fora da fábrica
Vida corrida, agitada e acelerada
A temporalidade desejada e a realizada
Tempos dedicados ao trabalho profissional, mesmo que fora do local de trabalho

Reflexões finais – Tempos de trabalho, tempos de não trabalho: disputas em torno da jornada do trabalhador

Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Ligações perigosas: trabalho flexível e trabalho associado   Ligações perigosas: trabalho flexível e trabalho associado
     O trabalho reconfigurado: ensaios sobre Brasil e México   O trabalho reconfigurado: ensaios sobre Brasil e México
     Ecológica   Ecológica
     Ensaios sobre o tempo na Filosofia Antiga   Ensaios sobre o tempo na Filosofia Antiga
     Ecologia, elites e intelligentsia na América Latina   Ecologia, elites e intelligentsia na América Latina
     Rousseau   Rousseau
 
Últimos Produtos Visitados
Entre desalento e invenção: desemprego e desenraizamento em SP
Entre desalento e invenção: desemprego e desenraizamento em SP
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail