Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Uma nova paisagem urbana : Campinas dos anos 30 e 40
Uma nova paisagem urbana : Campinas dos anos 30 e 40
De: R$ 101,10
  Por: R$ 80,88
Economia de R$ 20,22
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A inteligência do mundo : sobre a cognição de processos globais
A inteligência do mundo : sobre a cognição de processos globais
R$ 45,00
R$ 36,00
Veja mais novidades
Insurgências poéticas
Insurgências poéticas
Código do Produto: 17X24
De: R$ 126,50
Por: R$ 126,50
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Insurgências poéticas - Arte ativista e ação coletiva
André Mesquita
Formato 17x24 cm, 294 páginas
ISBN 978-85-391-0209-9

Insurgências poéticas: arte ativista e ação coletiva aborda as relações entre movimentos sociais e um conjunto recente de ações artísticas que eclodiram nos Estados Unidos, França, Espanha, Canadá, Argentina e Brasil entre 1990 e 2000. Nestas duas últimas décadas, novas formas de cooperação e de participação social cruzaram as fronteiras do mundo. O advento de uma arquitetura virtual pelas redes de comunicação via internet e o acesso às novas tecnologias permitiram que diferentes grupos se organizassem em uma resistência global contra as grandes corporações e o neoliberalismo econômico. Aproximações que permitem pensar em práticas nas quais a política não aparece simplesmente isolada ou acrescida à arte como mero acessório temático ou estético, mas um componente intrínseco de sua existência.

Duas características importantes dessas práticas são analisadas detalhadamente por André Mesquita. A primeira refere-se às relações entre arte e ativismo. Entende-se por ativismo uma atividade ou manifestação que visa mudanças sociais e/ou políticas. Basicamente, essas relações se dão a partir da segunda característica aqui investigada: o emprego de ações coletivas. Este trabalho reflete sobre os conceitos e objetivos de uma arte coletiva e engajada socialmente, considerando seus modos de experimentação estética e expressão política.


Entrevistas


SUMÁRIO

Prefácio. Arte e ativismo: mapeando outros territórios – Cristina Freire

Apresentação – Vera Pallamin

Introdução

Capítulo 1.

Uma contra-história criativa
Autonomia e resistência em rede.
Transgressão política do cotidiano
Uma experiência sensível comum
1.1 Fragmentos coletivos
Modelos de organização
Trocas e colaborações
Transversalidade e identidades múltiplas
Coalizões temporárias e linguagens híbridas
Afinidade, utopia e auto-organização
Arquivar eventos
1.2 A consciência coletiva no século XX
Revolução pela atividade artística
A construção dos momentos da vida
Nas ruas, o teatro de lutas
O conceito insurgente
Sobre comunidade e mobilização

Capítulo 2.

Táticas de ativismo artístico
2.1 (Re)combinando conhecimento e prática
Biologia contestativa e pesquisa amadora
Uma visão ciberfeminista
2.2 A arte do protesto
Criar armas simbólicas
Protesto como estilo de vida
Constrangimento tático e correção de identidade
2.3 Ativismo semiótico contra o poder da marca
O roubo da linguagem programada
Batalha binária no Império dos signos
A arte do cidadão
Rebelião™ à venda

Capítulo 3.

A imaginação de um espaço social
3.1 Expressões culturais de uma prática
Programas abertos e heterogêneos
Intervenções na cidade
3.2 Poéticas do fluxo
Situações efêmeras, rupturas sutis
Desvios do circuito.
3.3 A urgência do real?
Ação no tempo oportuno.
Zona de Poesia Árida

Conclusão.

Desenlaces de uma investigação
Bibliografia
Documentários e vídeos
Internet

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Artes do impossível: protestos no movimento antiglobalização   Artes do impossível: protestos no movimento antiglobalização
     Gramática da multidão: para uma análise das formas de vida conte   Gramática da multidão: para uma análise das formas de vida conte
     A multidão foi ao deserto: as manifestações no Brasil em 2013   A multidão foi ao deserto: as manifestações no Brasil em 2013
     Amanhã vai ser maior: o levante da multidão no ano que não termi   Amanhã vai ser maior: o levante da multidão no ano que não termi
     Filosofia da caixa preta   Filosofia da caixa preta
     Nem barbárie nem civilização! José Oiticica   Nem barbárie nem civilização! José Oiticica
 
Últimos Produtos Visitados
Pelos salões das Bienais, a arquitetura ausente dos manuais
Pelos salões das Bienais, a arquitetura ausente dos manuais
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail