Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
De: R$ 88,00
  Por: R$ 88,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Ameaças à democracia = Amenazas a la democracia
Ameaças à democracia = Amenazas a la democracia
R$ 55,00
R$ 55,00
Veja mais novidades
Em nome das luzes: um desafio à religião
Em nome das luzes: um desafio à religião
Código do Produto: 14x21
De: R$ 64,00
Por: R$ 64,00
Economia de R$ 0,00
 

Em nome das luzes: um desafio à religião
Antonio Ruzza
Formato 14x21 cm, 324 páginas
ISBN 978-85-391-0355-3

O tema explorado por Ruzza neste livro consiste na relação entre fé religiosa e pensamento crítico iluminista francês. Se comparadas às britânicas e às alemãs, as Luzes francesas de Voltaire, Diderot, D’Holbach e até mesmo as de Rousseau, além de muitos filósofos menos conhecidos, são indubitavelmente mais radicais e engajadas, quando o assunto é religião. Isso pode ser explicado pela lei física da ação e reação, ou seja, em grande medida como um reflexo da própria radicalidade do ambiente político e social da França absolutista, no qual a nobreza e o clero eram unidos na defesa dos seus interesses e dos seus dogmas. Tanta intolerância e repressão só poderiam motivar o surgimento de um pensamento rebelde e militante, às vésperas da Revolução. Eis porque nas Luzes francesas a crítica religiosa não se limitou ao anticlericalismo, à refutação dos dogmas católicos e à proposta do deísmo, como em outros iluminismos do período. A união entre coroa e batina no Ancien Régime fecundou também, embora com menor expressão, o materialismo e o ateísmo.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Filosofia política no renascimento italiano   Filosofia política no renascimento italiano
     Platão: helenismo e diferença   Platão: helenismo e diferença
     Ensaios sobre o tempo na Filosofia Antiga   Ensaios sobre o tempo na Filosofia Antiga
     Platão - Michel Erler   Platão - Michel Erler
     O exercício da razão no mundo clássico   O exercício da razão no mundo clássico
 
Últimos Produtos Visitados
Linguagens urbanas, memórias da cidade
Linguagens urbanas, memórias da cidade
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail