Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
ECONOMIA POLÍTICA DO AGRONEGÓCIO
ECONOMIA POLÍTICA DO AGRONEGÓCIO
De: R$ 60,00
  Por: R$ 48,00
Economia de R$ 12,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Autenticidade do psicanalista: entre Ferenczi e Lacan
Autenticidade do psicanalista: entre Ferenczi e Lacan
R$ 65,00
R$ 52,00
Veja mais novidades
A violência da ordem: polícia e representações sociais
A violência da ordem: polícia e representações sociais
Código do Produto: 14x21
De: R$ 64,00
Por: R$ 48,00
Economia de R$ 16,00
 

A violência da ordem: polícia e representações sociais
Marcos Santana de Souza
Formato 14x21 cm, 294 páginas
ISBN 978-85-391-0363-8

Este livro analisa as representações sociais de um grupo de policiais militares de Sergipe sobre o enfoque da violência policial e outros aspectos que estruturam a atividade da profissão. O autor verifica como se efetiva a construção social da realidade pelos policiais militares e os sentidos que eles atribuem à violência praticada por outros agentes, entendendo como estas representações se desenvolveram, são transmitidas e se mantêm vivas em situações sociais diversas. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, com uma dimensão histórico-comparativa entre a forma de policiamento da década de 1980, e as suas orientações embasadoras, com os conteúdos simbólicos sobre a violência dos policiais contemporâneos, na busca do modelo atual de violência policial legitimada pelos policiais.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail