Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 40,00
Economia de R$ 10,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A práxis contemporânea da arquitetura e do urbanismo no Brasil:
A práxis contemporânea da arquitetura e do urbanismo no Brasil:
R$ 58,00
R$ 46,40
Veja mais novidades
Palavra desmedida: a prosa ficcional de Hilde Hilst
Palavra desmedida: a prosa ficcional de Hilde Hilst
Código do Produto: 14x21cm
De: R$ 82,31
Por: R$ 82,31
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Palavra desmedida: a prosa ficcional de Hilde Hilst
José Antônio Cavalcanti
Formato 14x21cm, 328 páginas 
ISBN 978-85-391-0616-5 

O livro contribui para a construção de uma leitura crítica capaz de dialogar com as múltiplas características inovadoras da obra hilstiana. A complexidade genérica de Hilda Hilst não permite que as narrativas que a constituem sejam empobrecidas lendo-as apenas como um conjunto de textos híbridos, costurados por uma junção de gêneros diversos, babel discursiva homóloga à polifonia do mundo pós-moderno, do qual seria pura representação. Trata-se, na verdade, de uma escrita de busca que, ao criar indistinção entre prosa e poesia, parece recuperar uma questão essencial: a linguagem de um dizer inaugural no qual poesia, prosa e reflexão são inseparáveis.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail