Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 2 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Transições metropolitanas : centralidades nas cidades brasileira
Transições metropolitanas : centralidades nas cidades brasileira
De: R$ 60,00
  Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Pensamento crítico latino-americano
Pensamento crítico latino-americano
R$ 85,00
R$ 85,00
Veja mais novidades
O ressurgir das cinzas: negros paulistanos no pós-abolição
O ressurgir das cinzas: negros paulistanos no pós-abolição
Código do Produto: 14x21
De: R$ 61,00
Por: R$ 61,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

O ressurgir das cinzas: negros paulistanos no pós-abolição (1915-1924)
Marina Mello
Formato 14x21 cm, 216 páginas
ISBN 978-85-391-0643-1

O livro aborda as transformações ocorridas na cidade de 
São Paulo contextualizando a discussão de cunho racial -
eugenista e higienista - que se instaurou com a finalidade
de equacionar o problema negro, causador da vergonha e
do recalque de uma elite que se imaginava cada vez mais
branca e europeia e que não conseguiu os resultados almejados após a Abolição e a derrocada do regime imperial. O que pretendiam? Quem pretendiam mobilizar? Quais seus objetivos, anseios e estratégias, nessa luta pelo resgate e imposição de uma identidade conspurcada e vilipendiada pelas vozes dominantes? A autora apresenta concepções sobre a questão da identidade e versa sobre a gênese do movimento reivindicativo e de cunho político entre os negros paulistanos, com o surgimento de entidades com maior representatividade entre a comunidade negra perante as instituições públicas e privadas.


 
 
Últimos Produtos Visitados
Os melhores anos de nossas vidas
Os melhores anos de nossas vidas
Padrões das alforrias em um município cafeiro em expansão
Padrões das alforrias em um município cafeiro em expansão
Berços de heróis: escolas militares
Berços de heróis: escolas militares
Caminhos e descaminhos
Caminhos e descaminhos
Literatura e ceticismo
Literatura e ceticismo
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail