Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Teoria sociológica contemporânea : autores e perspectivas
Teoria sociológica contemporânea : autores e perspectivas
De: R$ 123,00
  Por: R$ 123,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Teoria sociológica contemporânea : autores e perspectivas
Teoria sociológica contemporânea : autores e perspectivas
R$ 123,00
R$ 123,00
Veja mais novidades
Semióticas sincréticas : posições ( a linguem do cinema)
Semióticas sincréticas : posições ( a linguem do cinema)
Código do Produto: 14x21 cm
De: R$ 63,90
Por: R$ 63,90
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Semióticas sincréticas : posições ( a linguem do cinema)
Waldir Beividas
14x21cm, 194 páginas
ISBN: 978-85-391-0696-7

Assim, ao invés de lançarmo-nos diretamente à descrição do plano da expressão do cinema, preferimos guiar a reflexão na direção de dois temas: (a) discutir algumas posições metodológicas que, segundo nossa interpretação, um estudo semiótico deve tomar por relação aos outros modos de abordagem do cinema (da crítica cinematográfica, da semiologia, da psicanálise); (b) propor um modelo hipotético do modo de presença, de interação e de funcionamento dos vários códigos no interior das linguagens complexas (o cinema sendo, no caso, o objeto referencial).
Tal modelo, procurando localizar-se na instância de manifestação, deve ser capaz de explicar a imbricação dos códigos intervenientes, não num modo intuitivo, tal uma ‘fusão’, ‘amálgama’, ‘simbiose’, ou coisa mítica congênere, que o valha. Mas ao modo de uma sincretização de funções manifestantes, uma sincretização de “funções semióticas” (Hjelmslev) que, por isso mesmo, pode ser capaz de definir o cinema, de maneira mais precisa, como uma dentre as semióticas sincréticas.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Tópicos de semiótica   Tópicos de semiótica
     O ator-performer e as poéticas da transformação de si   O ator-performer e as poéticas da transformação de si
     Mimesis performativa: a margem de invenção possível   Mimesis performativa: a margem de invenção possível
     O cinema: uma arte sonora   O cinema: uma arte sonora
 
Últimos Produtos Visitados
Identidade urbana e globalização: Guarulhos/SP
Identidade urbana e globalização: Guarulhos/SP
A terra treme : leituras do Brasil de 2013 a 2016
A terra treme : leituras do Brasil de 2013 a 2016
Mineração na América do Sul : neoextrativismo e lutas territoria
Mineração na América do Sul : neoextrativismo e lutas territoria
Juízo e verdade em Deleuze
Juízo e verdade em Deleuze
O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII
O mundo das feras: moradores do sertão oeste de MG séc. XVIII
Território na geografia de Milton Santos
Território na geografia de Milton Santos
Ideologias geográficas: espaço, cultura e política
Ideologias geográficas: espaço, cultura e política
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail