Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 24 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Corpos em obras: um olhar sobre as práticas da cidade
Corpos em obras: um olhar sobre as práticas da cidade
De: R$ 65,00
  Por: R$ 65,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A linguagem se refletindo: introdução à poética de Mallarmé
A linguagem se refletindo: introdução à poética de Mallarmé
R$ 60,00
R$ 60,00
Veja mais novidades
A voluptuosidade do nada: niilismo e galhofa em Machado de Assis
A voluptuosidade do nada: niilismo e galhofa em Machado de Assis
Código do Produto: 16x23cm
De: R$ 70,00
Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

A voluptuosidade do nada: niilismo e galhofa em Machado de Assis
Vitor Cei
Formato: 16x23 cm, 368 páginas
ISBN:978-85-391-0797-1

Historicamente, a obra de Machado de Assis tem sido classificada como pessimista e niilista, embora raramente sejam examinadas as premissas que orientam essa classificação. Este livro oferece uma interpretação divergente e original, defendendo que o niilismo é um motivo condutor dos romances machadianos, de Memórias póstumas de Brás Cubas a Memorial de Aires, aparecendo como perspectiva a ser galhofada. 

Apoiando-se em leituras de Blaise Pascal, Arthur Schopenhauer, Friedrich Nietzsche e outros filósofos, Vitor Cei busca demonstrar o quanto, na realidade, a ficção machadiana se distancia das concepções tradicionais de pessimismo e niilismo, na medida em que as aborda com a pena da galhofa. Desse modo, revela noções conceituais como “arquitetura de ruínas”, “ascetismo gamenho”, “condição casmurra”, “modernidade capenga”, “modernidade de caranguejo”, “viúva de Deus” e “voluptuosidade do nada”.

 

 

 
 
Últimos Produtos Visitados
Do romance de artista à performance da arte
Do romance de artista à performance da arte
Educação ambiental e pesquisa-ação participante
Educação ambiental e pesquisa-ação participante
Lugares de vida, espaços de lembrança
Lugares de vida, espaços de lembrança
Uma vida em dança: movimentos e percursos de Denise Stutz
Uma vida em dança: movimentos e percursos de Denise Stutz
Alexandra David-Néel
Alexandra David-Néel
Em primeira pessoa: abordagens de uma teoria da autobiografia
Em primeira pessoa: abordagens de uma teoria da autobiografia
Institucionalização das ciências agrícolas e seu ensino no BR
Institucionalização das ciências agrícolas e seu ensino no BR
Leituras da morte
Leituras da morte
Crianças e infâncias: educação, conhecimento, cultura e sociedad
Crianças e infâncias: educação, conhecimento, cultura e sociedad
A mulher, o lúdico e o grotesco em Lya Luft
A mulher, o lúdico e o grotesco em Lya Luft
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail