Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Código florestal e compensação de reserva legal : ambiente polít
Código florestal e compensação de reserva legal : ambiente polít
De: R$ 69,80
  Por: R$ 69,80
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
O toque da flauta: uma leitura de João Cabral de Melo Neto
O toque da flauta: uma leitura de João Cabral de Melo Neto
R$ 70,00
R$ 70,00
Veja mais novidades
Operação urbana e lutas sociais : um histórico da propriedade no
Operação urbana e lutas sociais : um histórico da propriedade no
Código do Produto: 16x23cm
De: R$ 70,00
Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Operação urbana e lutas sociais : um histórico da propriedade no Butantã e da reversão da operação urbana consorciada Vila Sônia
Marcio Rufino Silva
Formato: 16x23 cm, 340 páginas
ISBN: 978-85-391-0823-7

Como foi possível a Operação Urbana Consorciada Vila Sônia? Ou ainda, como nasceu o projeto e sob quais pressupostos teria sido montada essa arquitetura no campo da ação estatista em escala municipal? O instrumento urbanístico “operação urbana”, tal como se apresenta nos dias atuais, é condição e resultado de mais de duas décadas de experiências práticas e certos refinamentos teóricos. No caso da Vila Sônia, um elemento de ordenamento do espaço aproveitando as potencialidades postas pela implantação da Linha 4 Amarela do Metrô e seu correspondente atrativo ao mercado imobiliário na Zona Oeste da Cidade de São Paulo. Mas essa política não seria acordada sem a necessária participação popular e a consideração das experiências anteriores. E foi justamente a ausência da participação popular a motivação central do processo judiciário levantado pelos movimentos de moradores do Butantã e pelo Ministério Público Estadual contra a Prefeitura Municipal de São Paulo, o que resultou no embargo do projeto.
 
 
Últimos Produtos Visitados
Linguagens e saberes: estudos linguísticos
Linguagens e saberes: estudos linguísticos
Objetos, paisagens e patrimônio: arqueologia do colonialismo e a
Objetos, paisagens e patrimônio: arqueologia do colonialismo e a
Economia ecológica
Economia ecológica
Antropologia do homem global
Antropologia do homem global
As armadilhas da flexibilidade : trabalho e gênero no setor de t
As armadilhas da flexibilidade : trabalho e gênero no setor de t
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail