Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
          - -Annablume Literária
          - Crítica Contemporânea
          - Trabalho e Contemporaneidade
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Código florestal e compensação de reserva legal : ambiente polít
Código florestal e compensação de reserva legal : ambiente polít
De: R$ 69,80
  Por: R$ 69,80
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
O toque da flauta: uma leitura de João Cabral de Melo Neto
O toque da flauta: uma leitura de João Cabral de Melo Neto
R$ 70,00
R$ 70,00
Veja mais novidades
As armadilhas da flexibilidade : trabalho e gênero no setor de t
As armadilhas da flexibilidade : trabalho e gênero no setor de t
Código do Produto: 16x23cm
De: R$ 68,81
Por: R$ 68,81
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

As armadilhas da flexibilidade : trabalho e gênero no setor de tecnologia da informação
Bárbara Castro
Formato: 16x23 cm, 252 páginas
ISBN: 978-85-391-0816-9

Partindo da perspectiva teórica de que classe, gênero (contemplando a sexualidade) e raça são marcadores fundamentais para compreensão das relações de exploração e opressão organizadas no capitalismo flexível, este livro busca contribuir para o debate sociológico que se dedica a entender as transformações do trabalho.
Bárbara Castro oferece uma análise de um estrato de trabalhadores (vinculados ao complexo campo da Tecnologia da Informação) que se concentra em outra ponta da estrutura de remuneração. Ao apresentar suas trajetórias profissionais e pessoais no contexto da flexibilização das relações de trabalho, a autora aponta para a necessidade de se pensar sobre a heterogeneidade das experiências de flexibilidade e precariedade.
Bárbara Geraldo de Castro, mestre em Ciência Política e doutora em Ciências Sociais pela Unicamp, é Professora do Departamento de Sociologia da mesma instituição.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail