Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Campo de poder dos grandes projetos urbanos : a região metropoli
Campo de poder dos grandes projetos urbanos : a região metropoli
De: R$ 77,80
  Por: R$ 62,24
Economia de R$ 15,56
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
O galope nordestino diante do parque industrial: o projeto estét
O galope nordestino diante do parque industrial: o projeto estét
R$ 65,00
R$ 52,00
Veja mais novidades
Trabalho à deriva : privatização e cultura do trabalho no porto
Trabalho à deriva : privatização e cultura do trabalho no porto
Código do Produto: 16x23cm
De: R$ 65,00
Por: R$ 52,00
Economia de R$ 13,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Trabalho à deriva : privatização e cultura do trabalho no porto de Santos
Carla Regina Mota Alonso Diéguez
Formato: 16x23 cm, 220 páginas
ISBN: 978-85-391-0827-5

Trabalho à deriva se situa no quadro de mudanças originadas pela reforma do setor portuário, iniciada com a promulgação da Lei nº 8.630, em 1993, cujo objetivo foi retirar o Estado das operações portuárias e abrir o setor ao capital privado.
Carla Diéguez analisa como se estabeleceram as relações entre capital e trabalho após a privatização e a introdução do Órgão Gestor de Mão de Obra – (OGMO), dirigido por representantes patronais e novo responsável pela gestão do trabalho – com a finalidade de verificar a configuração do campo de relações em que, durante muito tempo, os trabalhadores foram agentes dominantes.

 
 
Últimos Produtos Visitados
Linguagens e saberes: estudos linguísticos
Linguagens e saberes: estudos linguísticos
Mobilidade precária na metrópole de São Paulo
Mobilidade precária na metrópole de São Paulo
Patrimônio cultural: memória intervenções urbanas
Patrimônio cultural: memória intervenções urbanas
Não há cura sem anúncio: ciência, medicina e propaganda (São Pau
Não há cura sem anúncio: ciência, medicina e propaganda (São Pau
O toque da flauta: uma leitura de João Cabral de Melo Neto
O toque da flauta: uma leitura de João Cabral de Melo Neto
Aprendizagem social e áreas de proteção ambiental
Aprendizagem social e áreas de proteção ambiental
Democracia, pós- desenvolvimento e gestão de bens comuns : persp
Democracia, pós- desenvolvimento e gestão de bens comuns : persp
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail