Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
As classes sociais no início do século XXI/
As classes sociais no início do século XXI/
De: R$ 62,10
  Por: R$ 49,68
Economia de R$ 12,42
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Parte e todo em Platão: a metafísica da estrutura
Parte e todo em Platão: a metafísica da estrutura
R$ 104,10
R$ 83,28
Veja mais novidades
Maquiando o trabalho: opacidade e transparência numa empresa de
Maquiando o trabalho: opacidade e transparência numa empresa de
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 60,00
Por: R$ 48,00
Economia de R$ 12,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Maquiando o trabalho: opacidade e transparência numa empresa de cosméticos global
Thiago Trindade de Aguiar
Formato: 16x23 cm, 188 páginas
ISBN: 978-85-391-0879-4

O que acontece com as relações de trabalho quando uma bem-sucedida empresa nacional torna-se global? É isto o que Thiago Aguiar investiga em sua magnífica etnografia sobre a Natura, a famosa empresa brasileira de cosméticos. Aguiar mostra como a internacionalização da Natura cria uma nova geração de trabalhadores – mais feminina, mais jovem, mais educada, menos envolvida com o sindicato e, portanto, mais facilmente subjugada pelas pressões mutáveis do mercado. Em suas relações públicas, a empresa sistematicamente obscurece o novo processo de trabalho que cultiva igualmente competição e lealdade com uma única finalidade: a intensificação da produção. Este livro é uma revelação, já que sabemos muito pouco sobre a morada escondida da produção transnacional.

Michael Burawoy
Universidade da Califórnia, Berkeley
Presidente (2010-2014) da International Sociological Association (ISA)

Thiago Aguiar é mestre e doutorando em Sociologia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP). Foi pesquisador visitante (2016- 2017) no Departamento de Sociologia da Universidade da Califórnia, Berkeley.
 
 
Últimos Produtos Visitados
Os paradoxos da repetição
Os paradoxos da repetição
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail