Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 40,00
Economia de R$ 10,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
R$ 50,00
R$ 40,00
Veja mais novidades
TRABALHO E AÇÃO COLETIVA NO BRASIL
TRABALHO E AÇÃO COLETIVA NO BRASIL
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 80,00
Por: R$ 64,00
Economia de R$ 16,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Trabalho e ação coletiva no Brasil: contradições, impasses, perspectivas (1978-2018)
Iram Jácome Rodrigues (organizador)
Formato: 16x23 cm, 430 páginas
ISBN: 978-85-391-0949-4

Quarenta anos se passaram das greves de 1978. A partir da paralisação ocorrida na fábrica da Scania em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, que se iniciou em 12 de maio de 1978, o país assistiu ao maior ciclo de greves de sua história protagonizado por trabalhadores urbanos e rurais.

Esta coletânea se debruça sobre as ações coletivas inauguradas no início desse ciclo histórico, seus desdobramentos nestes quarenta anos, as mudanças ocorridas no seu interior no que diz respeito às formas de luta, estruturas organizativas, processos de institucionalização, suas relações com a política, com a economia e a sociedade e, ao mesmo tempo, reflete sobre suas crises, resistências, ambiguidades, desafios e perspectivas.

O livro é também uma reflexão sobre os dilemas da instituição sindical e da ação dos trabalhadores neste século XXI.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail