Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Corpos em obras: um olhar sobre as práticas da cidade
Corpos em obras: um olhar sobre as práticas da cidade
De: R$ 65,00
  Por: R$ 65,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
R$ 88,00
R$ 88,00
Veja mais novidades
Transições metropolitanas : centralidades nas cidades brasileira
Transições metropolitanas : centralidades nas cidades brasileira
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 60,00
Por: R$ 60,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

Transições metropolitanas : centralidades nas cidades brasileiras no breve século XX
Ana Lucia Duarte Lanna, Sylvain Souchaud, Renato Cymbalista (orgs.)
Formato: 16x23 cm, 307 páginas
ISBN 978-85-391-0971-5
ISBN 978-2-7099-2793-2

O desafio deste livro define-se não apenas nos seus objetivos mas no perfil interdisciplinar de sua equipe. Geógrafos, historiadores, sociólogos, arquitetos e urbanistas propõem, a partir de seus campos de conhecimento específicos,estabelecer um encontro intelectual de forma a enfrentar a complexidade dos processos de metropolizacão no Brasil, tomando como cidades de estudo Rio de Janeiro e São Paulo. As análises incidiram sobre centralidades emergentes nessas cidades permitindo, simultânea e articuladamente, refletir sobre a reconfiguração das relações sociais e a produção de categorias sociais com a emergência de mode-los urbanísticos e formas de controle social espacializadas. 

Articula os diversos textos a compreensão que a metrópole no Brasil surgia, ainda na primeira metade do século XX, de uma alteração de escalas na produção da cidade que resultaram, dentre outras questões, em uma espacialidade com novas centralidades, para além do chamado centro histórico. Também compreende-se que estas novas dinâmicas recriavam cidades desiguais, com usos diferenciados estabelecidos a partir de grupos sociais e étnicos.O livro mostra como durante meados do século XX, o espaço urbano das metrópoles se desenhava e se impunha como matriz de organização da sociedade brasileira.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail