Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
O trabalho em territórios periféricos: estudos em três setores p
O trabalho em territórios periféricos: estudos em três setores p
De: R$ 65,00
  Por: R$ 65,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Ventos que sacodem Marx: sobre colonialismo, nacionalismo e raci
Ventos que sacodem Marx: sobre colonialismo, nacionalismo e raci
R$ 70,00
R$ 70,00
Veja mais novidades
Religião e política:ideologias, articulações e estratégias da ba
Religião e política:ideologias, articulações e estratégias da ba
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 70,00
Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

Religião e política:ideologias, articulações e estratégias da bancada evangélica na Câmara Federal
Bruna Suruagy do Amaral Dantas
Formato: 16x23 cm, 390 páginas
ISBN: 978-85-391-0960-9

Os recorrentes intercâmbios entre a religião e a política põem em evidência a dissolução das fronteiras institucionais que as mantinham isoladas, em territórios seguros. Os constantes deslocamentos produziram aproximações e atravessamentos, que desencadearam a penetração da religião no espaço público da política e a inserção da política nos contextos privados da religião. A religião tornou-se permeável às interferências da política e maleável para ingressar no universo político.

Os evangélicos realizaram esse movimento de forma expressiva, substituindo o tradicional repúdio à política pela participação ativa dos fiéis no processo político- leitoral. Em tempos de crise política, instabilidade democrática e insegurança institucional, amplia-se a demonização da política, que parece justificar o engajamento político dos evangélicos cuja missão consiste em disseminar a ética nesse território impregnado de corrupção. Com propósitos messiânicos, os religiosos politizam a fé e sacralizam a política. O descrédito da política, a desesperança na democracia e a desilusão no futuro terminam deslocando a aposta da população para candidatos cristãos, que se apresentam como representantes da verdade, despertando a confiança de seus eleitores/fiéis. Esse fenômeno híbrido requer um exame aprofundado de suas especificidades dada a fragmentação e diversidade dos novos movimentos religiosos. Embora a homogeneidade, a unidade e a organicidade pareçam caracterizar os evangélicos, o que os define é a pluralidade. Qualquer análise que se proponha compreendê-los a partir de generalizações certamente incorrerá em equívocos e produzirá simplificações, que restringirão as possibilidades de compreensão.

O que o hibridismo resultante da intersecção entre a religião e a política pode ocasionar? Quais impactos pode causar a presença desses atores religiosos na política? Será que se justificam os medos modernos decorrentes do envolvimento dos fiéis com a política? Seria apropriada a tese de que a inserção dos evangélicos na política é um risco à consolidação da democracia e à laicidade do Estado? Essas indagações são abordadas e discutidas nessa obra, que não pretende esgotar a temática, mas criar caminhos para novas reflexões.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail