Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
          - -Annablume Literária
          - Crítica Contemporânea
          - Trabalho e Contemporaneidade
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Do plano diretor às operações urbanas consorciadas: a ascensão d
Do plano diretor às operações urbanas consorciadas: a ascensão d
De: R$ 70,00
  Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
R$ 88,00
R$ 88,00
Veja mais novidades
Ventos que sacodem Marx: sobre colonialismo, nacionalismo e raci
Ventos que sacodem Marx: sobre colonialismo, nacionalismo e raci
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 70,00
Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

Ventos que sacodem Marx: sobre colonialismo, nacionalismo e racismo nas páginas irlandesas de Marx
Rafael Afonso da Silva
Formato: 16x23 cm, 340 páginas

O título do livro é uma alusão à balada “The wind that shakes the barley”, escrita por
Robert Dwyer Joyce (1861), e ao fi lme homônimo, de Ken Loach (2006). A canção
de Joyce, composta em memória da revolução irlandesa de 1798, segue os eventos dramáticos em que se vê enredado um jovem irlandês que deixa seu “verdadeiro amor” para lutar contra “a vergonha das correntes estrangeiras”, enquanto “o vento sacode a cevada”. Já o fi lme – concebido, segundo o cineasta, como “um passo muito pequeno” na necessária confrontação da “história imperialista” dos britânicos – constrói uma narrativa ambientada no contexto da revolução irlandesa dos anos 1920. Dois “ventos” revolucionários anticoloniais. Duas narrativas “decoloniais” da história da Irlanda e da Inglaterra. Este livro também fala de dois ventos, apresentando um Karl Marx sacudido, primeiro, pelos “ventos” que sopravam da Índia e da China entre 1856 e 1859 e que o levaram a uma revisão radical da perspectiva sobre o colonialismo que sustentara até então, e, depois, pelos “ventos” que sopravam da Irlanda no fi nal da década de 1860 e que o levaram a desenvolver estudos originais em torno de um colonialismo específico e seus efeitos. Abordando literatura, em geral, não conhecida do público acadêmico brasileiro, o livro busca contribuir para uma releitura dos percursos da discussão do colonialismo, do nacionalismo e do racismo na obra de Marx, mas, ao mesmo tempo, para a pesquisa de pistas e insights – “ventos” – teóricos que favoreçam as investigações contemporâneas sobre colonialismos específicos (de ontem e de hoje).
 
 
Últimos Produtos Visitados
Do plano diretor às operações urbanas consorciadas: a ascensão d
Do plano diretor às operações urbanas consorciadas: a ascensão d
Religião e política:ideologias, articulações e estratégias da ba
Religião e política:ideologias, articulações e estratégias da ba
O trabalho em territórios periféricos: estudos em três setores p
O trabalho em territórios periféricos: estudos em três setores p
Forró no asfalto: mercado e identidade sociocultural – 2ª edição
Forró no asfalto: mercado e identidade sociocultural – 2ª edição
Direitos humanos e meio ambiente: reflexões conceituais e estudo
Direitos humanos e meio ambiente: reflexões conceituais e estudo
Imigração, política e cultura: a trajetória empresarial da Coope
Imigração, política e cultura: a trajetória empresarial da Coope
Amor em tempos de aplicativo: Masculinidades heterossexuais e a
Amor em tempos de aplicativo: Masculinidades heterossexuais e a
Corpos em obras: um olhar sobre as práticas da cidade
Corpos em obras: um olhar sobre as práticas da cidade
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasi
Direitos humanos e meio ambiente: educação, estudos de gênero e
Direitos humanos e meio ambiente: educação, estudos de gênero e
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail