Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
          - -Annablume Literária
          - Crítica Contemporânea
          - Trabalho e Contemporaneidade
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Configurações do desenvolvimento, trabalho e ação coletiva
Configurações do desenvolvimento, trabalho e ação coletiva
De: R$ 90,00
  Por: R$ 90,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Movimento antiproibicionista no Brasil: resistência e luta

Movimento antiproibicionista no Brasil: resistência e luta
R$ 70,00
R$ 70,00
Veja mais novidades
Movimento antiproibicionista no Brasil: resistência e luta
Movimento antiproibicionista no Brasil: resistência e luta
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 70,00
Por: R$ 70,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar Um LivroAcessar O Ateneum

Movimento antiproibicionista no Brasil: resistência e luta
Fabíola Xavier Leal
Formato: 16x23 cm, 346 páginas
ISBN: 978-65-5684-021-5

Muito feliz pela publicação da tese de Fabiola Xavier Leal, da qual tive a honra de participar da banca examinadora, e que recomendo fortemente a leitura. Em seu trabalho, a autora, com brilhantismo, analisa o movimento antiproibicionista no Brasil e os discursos de resistência, apontando para o desafio de pensar “para onde queremos ir”, ou seja, qual horizonte deve ser buscado na política de drogas no Brasil. Com sua vivência e estudos, Fabíola se reconhece como pesquisadora e militante, tendo participado ativamente de debates e discussões na construção das políticas de drogas no Brasil. Nessa condição, em sua pesquisa, pode registrar as divergências e confluências das mais diversas posições (e contradições) do heterogêneo movimento antiproibicionista, incluindo a perspectiva internacional. Ao analisar os discursos nas lutas por uma nova forma de regulação das drogas, a autora coloca luz nas polarizações e interesses verificados nos discursos e na eterna polarização entre droga como mercadoria a ser regulada pelo mercado, ou pelo Estado, e assume postura crítica da repressão como estratégia e do mercado capitalista de regulamentação como solução, ao se alinhar a uma construção contrahegemônica e anticapitalista de resistência. Com extremo rigor teórico, Fabiola aponta contradições e faz críticas aos sujeitos políticos que “precisam ultrapassar os discursos e ampliar o eco dessas vozes”, nos convocando não só a uma reflexão teórica crítica, mas nos chamando à luta pela transformação social, sem a qual nenhuma política de drogas para a classe trabalhadora pode ser pensada.

No verão pandêmico de 2021, Luciana Boiteux Mestre (UERJ) e Doutora em Direito Penal e Criminologia (USP). Professora Associada da Faculdade Nacional de Direito da UFRJ 
 
 
Últimos Produtos Visitados
Rastros do Tanztheater no processo criativo
Rastros do Tanztheater no processo criativo
Leituras do corpo
Leituras do corpo
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail