Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 2 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Leituras do Corpo
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 40,00
Economia de R$ 10,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
R$ 70,00
R$ 56,00
Veja mais novidades
De dores e de amores : (re) construções da homossexualidade paul
De dores e de amores : (re) construções da homossexualidade paul
Código do Produto: 16x23 cm
De: R$ 62,50
Por: R$ 50,00
Economia de R$ 12,50
 
Acessar a Cia. dos Livros

De dores e de amores : (re) construções da homossexualidade paulistana
Ronaldo Trindade 
Formato: 16 x 23 cm, 263 páginas
ISBN: 978-85-391-0938-8

Este livro traz à tona algumas experiências vividas por homossexuais masculinos na cidade de São Paulo nas últimas décadas do século XX, passando pelo surgimento e a proliferação da AIDs, até o acontecimento da Parada Gay, depois LGBT.

Ronaldo Trindade analisa o tipo de ocupação urbana que a homossexualidade promove, as relações com o mercado e com a mídia. Evidencia como a homossexualidade vivida em São Paulo no período se tornou um fenômeno historicamente renovado e multifacetado, fato que se reflete na reorganização dos espaços de sociabilidade, ações políticas e acadêmicas, formas de consumo e também nas representações corporais. O pano de fundo da globalização propricia um diálogo em tempo real com distintas experiências homoeróticas ao redor do mundo, influenciando na emergência de novas classificações identitárias, modalidades sexuais e diversas siglas que foram se constituindo no interior da militância.

José Ronaldo Trindade, mestre em História Social pela Unicamp e doutor em Antropologia Social pela USP, é professor de Antropologia no Mestrado em Bioética da Univas.
DE DORES E DE AMORES
 
 
Últimos Produtos Visitados
O corpo como grande razão
O corpo como grande razão
Os dilemas do humano: reinventando o corpo, era (bio)tecnológica
Os dilemas do humano: reinventando o corpo, era (bio)tecnológica
O projeto teórico de Michel Pêcheux
O projeto teórico de Michel Pêcheux
A invenção da baianidade
A invenção da baianidade
Rupturas Possíveis: a série Os Assumidos (Queer as folk)
Rupturas Possíveis: a série Os Assumidos (Queer as folk)
Lugar Nenhum ou Bora Bora? Rock brasileiro anos 80
Lugar Nenhum ou Bora Bora? Rock brasileiro anos 80
As origens da modern dance
As origens da modern dance
Delicadas relações: educação, homossexualidade, cinema
Delicadas relações: educação, homossexualidade, cinema
Os sapatos floridos não voam
Os sapatos floridos não voam
Artes do impossível: protestos no movimento antiglobalização
Artes do impossível: protestos no movimento antiglobalização
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail