Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 1 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
De: R$ 70,00
  Por: R$ 56,00
Economia de R$ 14,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
R$ 50,00
R$ 40,00
Veja mais novidades
Carmen Miranda entre os desejos de duas nações : cultura de mass
Carmen Miranda entre os desejos de duas nações : cultura de mass
Código do Produto: 14X23CM
De: R$ 80,00
Por: R$ 64,00
Economia de R$ 16,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Carmen Miranda entre os desejos de duas nações : cultura de massas performatividade e cumplicidade subversiva
Fernando de Figueiredo Balieiro
Formato: 14x23 cm, 368 páginas
ISBN:978-85-391-0899-2

A originalidade da empreitada intelectual de Balieiro começa ao propor – por meio da análise da carreira de Miranda – uma leitura alternativa sobre a nação brasileira que problematiza a interpretação dominante nas ciências sociais de que nosso imaginário nacional teria se reconfi gurado por volta da década de 1930 no diálogo entre intelectuais e Estado. Na visão de Balieiro, é a ascensão do mercado midiático de massas a partir dos anos vinte que reconfigurará a imagem dominante sobre o Brasil de um país que queria se imaginar branco e europeizado, apagando as marcas indígenas e africanas de sua cultura, para a de uma nação que celebraria em música e imagem sua singularidade.
[...]
Carmen Miranda encarnava essa branquitude tropical e, mesmo tendo nascido na Europa e sendo loira de olhos verdes, bronzeava-se na praia e se dizia bem brasileira, cantando sambas que falavam da vida das classes populares negras e mestiças. Seu passo decisivo nesta incorporação performática do nacional foi vesti r-se de baiana para números musicais no cinema e no teatro musical. Seu gesto não foi recebido sem polêmica, algumas recusas e até desqualificações, mas se entre nós a figura da baiana incomodava a elite que buscava distinção em relação ao seu próprio povo, nos Estados Unidos foi recebida como uma imagem lati no-americana. Assim, Carmen era baiana aqui e lati no-americana lá, carregando signos de dois contextos culturais em uma só performance.
Do prefácio de Richard Miskolc

 
 
Últimos Produtos Visitados
Quando o pequeno é grande: projetos comunitários no Cerrado
Quando o pequeno é grande: projetos comunitários no Cerrado
Aprendizagem social na gestão compartilhada de recursos hídricos
Aprendizagem social na gestão compartilhada de recursos hídricos
Nem barbárie nem civilização! José Oiticica
Nem barbárie nem civilização! José Oiticica
Discurso político no folheto de cordel
Discurso político no folheto de cordel
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail