Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 50,00
Economia de R$ 0,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Estudos e ações transdisciplinares em Mudança Social e Participa
Estudos e ações transdisciplinares em Mudança Social e Participa
R$ 60,00
R$ 60,00
Veja mais novidades
Vidas Paralelas - Péricles e Fábio Máximo
Vidas Paralelas - Péricles e Fábio Máximo
Código do Produto: 12x19
De: R$ 61,00
Por: R$ 61,00
Economia de R$ 0,00
 
Acessar a Cia. dos Livros

Vidas Paralelas - Péricles e Fábio Máximo
Plutarco
Tradução do grego, introdução e notas
Ana Maria Guedes Ferreria e Ália Maria Guedes Ferreira
Formato 12x19 cm, 264 páginas
ISBN 978-85-64608-35-1

Neste par de biografias, Plutarco evoca mais duas figuras paradigmáticas da antiguidade clássica: Péricles e Fábio Máximo.
Mas o que justifica, afinal, a comparação entre os dois estadistas? Do ponto de vista político, é destacada a autoridade de um só homem. Enquanto o governo de Pérides durou quase toda a vida, a ditadura de Fábio Máximo terminou ao fim de seis meses, mas continuou, na qualidade de cônsul, a determinar o destino do povo romano. Com efeito, o facto de terem permanecido firmes nas suas resoluções converteu-os em valores seguros e credíveis para a população. Enquanto Péricles é comparado a um médico, que cura as doenças da alma, acalma e encoraja o povo, Fábio é comparado a um “templo” e a um “altar”, junto do qual a multidão se refugia em tempo de crise.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Oração contra Leócrates   Oração contra Leócrates
     A MUSA DIFUSA: VISÕES DA ORALIDADE NOS POEMAS HOMÉRICOS   A MUSA DIFUSA: VISÕES DA ORALIDADE NOS POEMAS HOMÉRICOS
     Obras Morais: diálogo sobre o amor   Obras Morais: diálogo sobre o amor
     Contra Neera [Demóstenes]   Contra Neera [Demóstenes]
     Vidas de Galba e Otão   Vidas de Galba e Otão
     Banquete: apologia de Sócrates   Banquete: apologia de Sócrates
 
Últimos Produtos Visitados
O pitagorismo como categoria historiográfica
O pitagorismo como categoria historiográfica
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail