Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 2 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
          - Archai
          - Artes Performativas e Filosofia
          - Atopos
          - Cidadania e Meio Ambiente
          - Classica Digitalia Brasil
          - Crítica Contemporânea
          - Filosofia e Linguagem
          - Geografia e Adjacências
          - História e Arqueologia em Movimento
          - Leituras do Corpo
          - Palavra e Conhecimento
          - Políticas da Multidão
          - Queer
          - Sentido e Significação
          - Trabalho e Contemporaneidade
          - Ato Psicanalítico
          - Estudos & Fontes
          - Olhares
        -Todos os Temas
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Mulheres, tempos e trabalhos
Mulheres, tempos e trabalhos
De: R$ 70,00
  Por: R$ 56,00
Economia de R$ 14,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Lei Eloy chaves e previdência social no Brasil: uma análise soci
Lei Eloy chaves e previdência social no Brasil: uma análise soci
R$ 40,00
R$ 32,00
Veja mais novidades
Sindicalismo e democracia no Brasil
Sindicalismo e democracia no Brasil
Código do Produto: 14x21 cm
De: R$ 92,20
Por: R$ 73,76
Economia de R$ 18,44
 
Acessar a Cia. dos Livros

Sindicalismo e democracia no Brasil - Do novo sindicalismo ao sindicato cidadão
Roberto Véras de Oliveira
Formato 14x21 cm, 396 páginas
ISBN: 978-85-391-0289-1

Este livro é resultado do estudo das relações entre sindicalismo e democracia no Brasil. Com foco na trajetória da CUT (Central Única dos Trabalhadores), o autor analisa a experiência sindical no país desde as greves dos metalúrgicos do ABC nos anos 1970, quando surge o novo sindicalismo como sujeito político capaz de colocar em novas bases o debate sobre a “redemocratização” do país.
Daí por diante, faz-se um apanhado histórico desde a fundação da CUT, em 1983, acompanhando os desafios que a central enfrentou com o acirramento das tensões internas e as dificuldades de superação da estrutura sindical oficial e, mais pra frente, com o quadro de crescente desemprego e precarização das relações de trabalho, até as possibilidades que enseja em relação ao atual momento da democracia brasileira.

 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     A ortodoxia judaica e seus descontentes   A ortodoxia judaica e seus descontentes
     Corpo artista: estratégias de politização   Corpo artista: estratégias de politização
 
Últimos Produtos Visitados
O trabalho reconfigurado: ensaios sobre Brasil e México
O trabalho reconfigurado: ensaios sobre Brasil e México
Novas configurações do trabalho e economia solidária
Novas configurações do trabalho e economia solidária
Em busca do “novo”
Em busca do “novo”
Aprendizagem social na gestão compartilhada de recursos hídricos
Aprendizagem social na gestão compartilhada de recursos hídricos
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail