Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 1 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 40,00
Economia de R$ 10,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
A cidade de Goiás como patrimônio cultural mundial: descompassos
R$ 70,00
R$ 56,00
Veja mais novidades
Cadeia e correção: sistema prisional e população carcerária na c
Cadeia e correção: sistema prisional e população carcerária na c
Código do Produto:
De: R$ 65,00
Por: R$ 48,75
Economia de R$ 16,25
 

Cadeia e correção: sistema prisional e população carcerária na cidade de São Paulo (1830-1890)
Flávia Maíra de Araújo Gonçalves   
Formato 14x21 cm, 270 páginas
ISBN 978-85-391-0582-3

A autora analisa o impacto das formulações do Código Criminal do Império (1830-1890) na dinâmica da Cadeia Pública de São Paulo, outrora regida pelo Livro V das Ordenações Filipinas. Também estuda a Casa de Correção, desde a sua concepção e difícil construção, passando pela inauguração parcial na década de 1850, que parece responder à demanda de organização e reestruturação do Estado, até o fracasso nos anos 1880, onde constata que as propostas de modernização dos aparelhos repressores não puderam ser efetivamente organizadas, especialmente levando-se em conta o crescimento populacional e o alto custo para sua implementação em larga escala. 
Paralelamente, é investigado o perfil da população carcerária das duas instituições, tendo como fio condutor os trabalhos e serviços realizados pelos presos. Assim, ficamos sabendo como funcionavam as oficinas da Casa de Correção, os trabalhos públicos dos galés e os serviços dos africanos livres e dos escravos detidos no calabouço. Na outra ponta, descobrimos quem eram os guardas e empregados e que tipo de relações estabeleceram com aqueles que vigiavam.
 
Também compraram este produto
Clientes que compraram este produto, também compraram:
     Padrões das alforrias em um município cafeiro em expansão   Padrões das alforrias em um município cafeiro em expansão
     Tropas em marcha: mercado de animais no Brasil Imperial   Tropas em marcha: mercado de animais no Brasil Imperial
     Casamentos mistos: liberdade e escravidão em SP colonial   Casamentos mistos: liberdade e escravidão em SP colonial
 
Últimos Produtos Visitados
A escrita bastarda de Salman Rushdie
A escrita bastarda de Salman Rushdie
A alma, o olho, a voz as autoperformances de Spalding Gray
A alma, o olho, a voz as autoperformances de Spalding Gray
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail