Annablume Editora
BOX_HEADING_LOGIN_BOX
Seja Bem Vindo(a)!

Faça seu login
Cadastre-se

 
 
 
HomeSite
Busca Rápida
Suas Compras   Meu Carrinho 0 Iten(s):
Fabricantes
Fabricantes
Categorias
Categorias
        -Arquitetura, Urbanismo e Políticas Urbanas
        -Biblioteca Flusseriana
        -Corpo, Sexualidades e Políticas da Multidão
        -Cultura Tecnológica e Redes Digitais
        -Geografia e Temas Socioambientais
        -Sociologia
        -Todas as Coleções
        -Todos os Temas
          - Análise do Discurso e Semiótica
          - Antropologia
          - Arqueologia
          - Arquitetura
          - Artes Clássicas e na Antiguidade
          - Artes Contemporâneas
          - Ciência Política
          - Comunicação
          - Crítica Literária
          - Educação
          - Estudos de Corpo
          - Estudos de Gênero
          - Estudos de Religião
          - Filosofia
          - Filosofia Antiga
          - Geografia
          - História
          - História Antiga
          - Meio Ambiente
          - Psicanálise
          - Quadrinhos
          - Redes Digitais
          - Relações Internacionais
          - Sociologia
          - Sociologia do Trabalho
          - Urbanismo
        Artes
        Outros Temas
        Revistas
Promoção
Especiais mais
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
Saul de Vilém Flusser: diálogo e subversão
De: R$ 50,00
  Por: R$ 40,00
Economia de R$ 10,00
Veja mais promoções
Novidades
Novidades mais
Representações : imaginário e tecnologia
Representações : imaginário e tecnologia
R$ 65,00
R$ 52,00
Veja mais novidades
Políticas de crédito para pequenos empreendimentos
Políticas de crédito para pequenos empreendimentos
Código do Produto: 14x21 cm
De: R$ 62,00
Por: R$ 46,50
Economia de R$ 15,50
 

Políticas de crédito para pequenos empreendimentos
Franco de Matos
14x21 cm, 314 páginas
ISBN 978-85-391-0674-5

Esta obra trata da institucionalização e da execução de políticas de crédito voltadas a pequenos empreendimentos. Para tanto, procede-se uma análise comparativa da capacidade de intervenção do poder público, na Argentina e Brasil.
Justifica-se a importância deste estudo devido à própria importância do segmento, principalmente em sua capacidade de gerar empregos e renda, e sua dificuldade de acessar crédito produtivo. Os resultados alcançados pretendem apontar avanços e limitações do poder público desses dois países, de forma comparativa, com vistas a ampliar o acesso dos pequenos empreendimentos, formais e informais, ao crédito, por meio de medidas de intervenção no marco institucional, ou da própria execução de instrumentos de política.
 
Newsletter
Ofertas e promoções exclusivas por e-mail